10 Dicas de Finanças Pessoais para 2016

|Posted by | Lifestyle, Todos os Artigos
Tags: , , , , , , ,

Acabados de entrar em 2016, selecionámos um conjunto de 10 dicas de finanças pessoais para entrar neste novo ano em ótima forma e ajudá-lo a tomar as suas decisões financeiras de forma acertada, tanto a nível de gastos como de poupanças e investimentos que venha a fazer.

  1. Estabeleça um Objetivo Financeiro

Estabeleça um objetivo e uma meta para começar 2016 com tudo. Pode querer definir objetivos a longo prazo, quem sabe para adquirir uma casa no futuro ou, então, apenas um objetivo para uma compra a curto prazo, como seria o caso de um smartphone. Faça com que 2016 seja o ano no qual começa já a trabalhar para atingir as suas metas.

  1. Diversifique os seus Investimentos

Não aloque todas as suas poupanças em apenas um determinado produto, seja inteligente ao ponto de escolher pelo menos duas ou três soluções de investimento. Por exemplo, ações, depósitos a prazo ou poupanças programadas (estas têm vindo a ganhar cada vez mais adeptos) e fundos de investimento. Outra boa opção podem ser os certificados de aforro que, apesar de já não renderem tanto como no passado, são uma melhor alternativa relativamente a ter o dinheiro parado. 

  1. Planeie o Orçamento

Defina o orçamento mensal que melhor mapeie os seus gastos e despesas fixas, desde a renda de casa até às saídas e jantares fora com amigos. Coloque de parte uma percentagem do seu salário que utiliza para este tipo de gastos e retire uma parte para as suas poupanças ou para alguma emergência. Homem prevenido, vale por dois! 

Quando tiver uma vontade súbita de comprar algo, pense duas vezes e questione-se se realmente precisa disso. Acredite que pode poupar imenso dinheiro se uma vez por outra for contra os seus desejos de consumismo.

E já agora, se é realmente fiel a uma determinada marca (seja pelo seu produto ou serviço) ou se frequenta com regularidade uma loja específica ou bomba de gasolina, informe-se e veja se vale a pena aderir aos programas de fidelização que podem trazer ótimos benefícios e descontos.

  1. Use Apps de Finanças Pessoais

Se possui um smartphone, utilize as diversas apps que existem, para controlar as suas despesas mensais. Pode, por exemplo, recorrer a aplicacções como BoonziMinhas Despesas e Minhas Finanças – Gestão do Rendimento e Despesas Pessoais, para o ajudar a controlar onde efetua os seus gastos, quando, para quem e, ainda, controlar o seu dinheiro à ordem, as suas poupanças, entre outras atividades.

  1. Proteja-se com Seguros

Seja consigo ou com algum membro da sua família, ou com a casa, o carro ou outros bens valiosos, convém estar preparado quando os acidentes ocorrem de forma inesperada. É por isso que deve ter em atenção ao identificar o que é realmente importante para si e, consequentemente, aderir a algum tipo de seguro ou cobertura para o caso de acidente ou roubo.

Antes de tomar a decisão final, não se esqueça de comparar vários pacotes de diferentes seguradoras de modo a ter toda a informação que precisa para escolher acertadamente.

  1. Aumente a sua Fonte de Rendimento

É sempre mais fácil gastar dinheiro do que obtê-lo. Pode achar, por vezes, difícil, viver apenas do seu ordenado. Se conseguir arranjar forma de ter algum rendimento extra será uma forma de conseguir alocar uma parte para as suas poupanças.

Caso tenha um trabalho seguro e com contrato, ser-lhe-á possível conciliar com algumas atividades (de forma a aumentar o seu rendimento no final do mês): faça de guia local na sua cidade, existem várias plataformas onde se pode registar e ganhar por mostrar as redondezas de onde vive, podendo ganhar uma média de €15 a €20 por hora; dê explicações numa área em que se sinta confortável; faça traduções. Estas são apenas algumas dicas!

  1. Pague Tudo a Tempo e Horas de forma a Evitar Juros

Caso precise de dinheiro urgentemente, o mais provável é ter de recorrer a um empréstimo ou mesmo um crédito rápido. Pague as suas contas de cartão de crédito a tempo e horas de forma a ter a confiança do banco ao dar garantias de que é cumpridor. Isto, por vezes, pode ajudá-lo a ter mais chances em obter um empréstimo, ou até mesmo obter um maior financiamento por parte da instituição financeira. Evite fazer o pagamento mínimo.

  1. Prepare-se para a Reforma

Um dia de cada vez, claro, mas convém pensar no futuro. Planeie a sua vida, podendo começar já a ver as melhores soluções para a sua reforma, como é o caso de um bom PPR, de preferência bem chorudo. Comece agora a poupar para mais tarde viver de forma tranquila e descansada.

  1. Invista em Si Próprio

A aprendizagem é uma constante na vida das pessoas. Nunca perca essa vontade, em aprender coisas novas, adquirir novas competências, estejam ou não ligadas à sua área de conhecimentos e/ ou interesses. Nesta linha condutora, procure informar-se a respeito de novas formas de investimento e poupanças, de modo a saber como aplicar melhor o seu rendimento.

  1. Ofereça um Prémio a Si Mesmo

Apesar de ser importante alcançar os seus objetivos financeiros, por vezes é necessário recompensar-se a si mesmo para se manter motivado. Não é necessário prescindir das suas saídas e deixar de ter vida social junto dos seus amigos. Pode sempre alcançar esses objetivos com a ajuda e companheirismo dos seus pares, ao mesmo tempo que desfruta do seu tempo social.

_

Visite o nosso blog para mais dicas e artigos de finanças pessoais. Aceda também à nossa plataforma de comparação e descubra mais formas de poupar dinheiro com produtos financeiros, como cartões de crédito e soluções de crédito pessoal. E já agora – não se esqueça de seguir a nossa página do facebook!

Adriana Inácio

Sobre Adriana Inácio

Formada em Gestão Hoteleira e especializada em Marketing Digital, a Adriana iniciou a sua carreira em hotelaria e, posteriormente, em marketing e publicidade. Explorando a temática das Finanças Pessoais associadas à Cultura e Lifestyle, das promoções aos cupões, passando pelas dicas de poupança mais criativas, a Adriana está sempre à procura de novas formas de ajudar os portugueses a otimizar a sua gestão financeira.