Caminho para a fortuna: organize as suas finanças com 3 Nãos

|Posted by | Lifestyle, Todos os Artigos
Tags: , , , , ,

Comprar uma casa ainda é um sonho para muitos portugueses. Mas angariar dinheiro suficiente para conseguir apenas contratar um crédito habitação com condições vantajosas, nem sequer está ao alcance da maioria. Até porque os preços das habitações em Portugal voltou a aumentar.

De acordo com os dados do INE divulgados em setembro de 2015, o preço das habitações aumentou 2,9% entre abril e junho deste ano em comparação com o mesmo trimestre de 2014. Poupar é uma das formas de conseguir ter dinheiro suficiente para adquirir uma casa e construir a sua fortuna. Mas para isso é necessário que mantenha as suas finanças organizadas, algum autocontrolo e seguir as sugestões do ComparaJá.pt.

Como Atingir a Independência Financeira

A competição está em todo o lado. Toda a gente quer ser o primeiro em tudo: acabar os estudos, casar, comprar uma casa, ganhar o primeiro milhão, ser promovido no trabalho… Nunca paramos face a um mundo sempre em movimento.

As oportunidades surgem muitas vezes da instabilidade. Contudo, a chave para a superioridade individual e a independência financeira deve ser um nível elevado de autodisciplina. Nada mais deve importar do que a conclusão dos seus objetivos de vida ao ritmo certo.

Por isso, se quiser começar a construir o seu caminho para a fortuna deve ter sempre em conta os três nãos. Não se deixe levar a gastar mais do que quer e mantenha-se autodisciplinado.

Os Três Nãos

1. Não Deixe de Poupar

Lembre-se sempre da seguinte fórmula “Rendimento – Poupança = Despesa” para o seu plano mensal de poupanças. Uma das nossas sugestões para se manter sempre regrado é realizar depósitos automáticos na sua conta-poupança. Além disso, deve todos os meses realizar um orçamento mensal para evitar gastar demais. Se no fim do mês sobrar algum dinheiro, coloque-o na sua conta-poupança. Ao fazer isto todos os meses, vai ficar bastante surpreso com todo o dinheiro que consegue poupar.

2. Não se Esqueça de Registar as Suas Despesas

Deve saber sempre quanto está a gastar por mês, mesmo que este valor seja pouco significativo. Registe todas as suas despesas, seja em papel ou através das várias aplicações que existem, de cada vez que faz uma compra. Assim que começar a rever os seus gastos, consegue estar a par de onde está a gastar mais e quais as despesas a longo prazo que deve dar mais atenção. Ao ter esta noção consegue cortar nos gastos desnecessários e priorizar o seu consumo. Mais cedo ou mais tarde, ficará orgulhoso do que conseguiu atingir.

3. Não Evite Gastar

Não opte por uma vida totalmente frugal. Caso contrário, vai tornar-se num escravo do dinheiro quando devia conseguir atingir o estatuto de mestre monetário. O bom uso dos seus rendimentos conseguem realizar os seus objetivos e mantê-lo mais próximo dos seus sonhos. Considere investir mais em si próprio ao tirar cursos que aumentam as suas competências. Esta é também uma forma de gerir a sua fortuna. Tire igualmente um maior partido de recursos gratuitos como bibliotecas, internet e televisão. Desta forma, não vai estar a gastar os seus próprios recursos enquanto está a melhorar a sua capacidade financeira.

Nada é Impossível

Lembre-se! Não vale a pena ser pessimista sobre poupar dinheiro. A maior parte das pessoas arranja desculpas como “Como é que posso poupar quando ganho tão pouco?”. Se é assim tão pessimista, poupar será uma missão impossível. Como diz o provérbio “O caminho faz-se caminhando”. Começar a poupar funciona. Só precisa de ser paciente.