Conheça 5 tecnologias para poupar no dia-a-dia

|Posted by | Lifestyle, Todos os Artigos
Tags: , , , , , , ,

Tecnologias para poupar

Já alguma vez ouviu o provérbio “O melhor meio de ganhar é poupar”? No mundo de hoje, em que não saímos de casa sem o smartphone, as apps que podemos descarregar são aos milhares e existem para tudo e mais alguma coisa. Para além das redes sociais, das aplicações com exercícios físicos, das destinadas à educação para aprender línguas ou geografia, também existem tecnologias para poupar no dia-a-dia. Desejoso de saber quais são e cortar já naquelas despesas que o deixam de carteira vazia no final do mês? Vamos a isso!

Poupar, antes de mais, é uma decisão racional de consumo. Existem duas formas de economizar: deixar de adquirir um determinado bem ou serviço para ter mais dinheiro no futuro ou, no ato do consumo, procurar o produto que é mais barato ou que melhor serve as nossas necessidades pelo preço que estamos dispostos a pagar. Ambas permitirão “poupar um tostão para ganhar um milhão”.

As nossas despesas rotineiras – que fazemos quando vamos ao supermercado, quanto atestamos o depósito do carro, quando tentamos organizar o nosso orçamento familiar, etc. – são as mais difíceis de controlar, porque não podemos escapar delas e podem reduzir (em muito) a nossa capacidade de poupança.

Mas é possível poupar sem ser um escravo das contas a pagar. Sabia que 53% dos portugueses pesquisa e compara um produto na Internet antes de o adquirir, conforme um estudo da Cetelem? Pois bem, a lógica é a mesma e o seu smartphone pode tornar-se no seu melhor instrumento para poupar. Vejamos como.

O poder da «economia colaborativa»

Também chamada de «economia de partilha», estamos a falar de um sistema de partilha de custos, atualmente a ganhar expressão em Portugal, e que se aplica aos mais variados bens ou serviços, desde partilhar o carro com outras pessoas até à divisão da casa com amigos ou colegas. É um fenómeno de hoje e já há tecnologias para poupar baseadas neste conceito.

Um dos grandes exemplos disto em Portugal é a BlaBlaCar, uma plataforma de partilha de viagens de carro (car sharing) com um sistema de boleias que permite poupar consideravelmente. Imagine um estudante que anda na faculdade em Lisboa e que quer ir visitar os pais, que são de Bragança, aos fins de semana.

Em vez de ir de transportes públicos ou de usar o seu Opel Corsa e gastar cerca de 50 euros em combustível só de ida mais 20 euros em portagens, pode recorrer a este website ou à respetiva app e encontrar boleia com alguém que vá fazer o mesmo percurso na mesma data. Fica muito mais barato e sempre tem companhia para a viagem!

Não perder a cabeça no supermercado

Aquelas regras básicas de fazer uma lista de compras e segui-la, bem como não ir ao supermercado com fome e aproveitar as melhores promoções, já todos sabemos, não é verdade? Há mais poupança para além disto? Sim. O melhor é comparar os preços dos diferentes produtos que precisa online.

Neste âmbito, o KuantoKusta é umas das mais conhecidas apps portuguesas para este fim. Ao inserir a sua localização para comparar os preços dos supermercados mais próximos de si, permite ainda inserir a lista de compras e avaliar o custo total da mesma em todos os supermercados próximos. Mais fácil de poupar nas compras mensais para o frigorífico é impossível!

O ambiente precisa e a sua carteira também

Até já dá para reduzir o consumo de eletricidade com a ajuda do smartphone. Ao usar a aplicação Medidor de pulso Eletricidade, disponível nas lojas de apps de todos os sistemas operativos, é possível medir o consumo de eletricidade instantâneo da sua casa em kilowatts (kW). O próprio telemóvel calcula a quantidade de energia gerada por cada eletrodoméstico em funcionamento.

Mas este não é o único. A EDP já lançou uma app com esta finalidade: a edp Re:dy. Com esta dá para controlar o consumo energético de toda a casa ou de um equipamento em particular numa só aplicação, de forma simples e eficiente. Desta forma, podem ver-se quais os períodos do dia em que existem mais gastos energéticos, quais os apetrechos que mais consomem e qual será a estimativa da fatura. O único senão é não ser gratuita, mas as poupanças podem compensar.

Por conseguinte, pode pôr a loiça ou a roupa a lavar nas horas em que o tarifário é mais barato, tirar alguns equipamentos do modo stand by (como o ar condicionado ou o portátil), desligá-los e até reduzir o consumo dos que gastam mais. A poupança é certa!

Pôr combustível pode ficar mais barato

Quem se desloca de carro para o emprego diariamente, pode fazer muitos quilómetros– e igualmente gastar muito dinheiro! Basta ter em conta o exemplo da dona Anita, que é de Setúbal e que conduz para Carnaxide todos os dias, para trabalhar no escritório de uma empresa de Contabilidade e Gestão. Se fosse de transportes públicos, perderia quase quatro horas em deslocações diárias, logo usa o seu carro.

No entanto, fazer cem quilómetros por dia dá quinhentos quilómetros ao fim de cinco dias, o que implica que a dona Anita precise de encher o depósito semanalmente – um verdadeiro arrombo no seu orçamento mensal. A única forma de economizar neste gasto é escolher o posto de combustível onde o preço é mais acessível.

Para tal, nada como aceder, por exemplo, ao site do Mais Gasolina, que compara os preços dos combustíveis (seja gasolina, gasóleo ou GPL) em Portugal e usa a sua localização para lhe dar os postos mais perto de si e os preços praticados.

Quem não gosta de promoções?

Até no mundo das promoções já há tecnologias para poupar. Se antes era mais difícil consultar os folhetos de campanhas de todas as lojas e estar a par de todas as reduções de preços na área da tecnologia, bricolage e jardim, regresso às aulas, livros, desporto, e tantas outras categorias, agora é tudo muito mais fácil a partir do momento em que há apps que agregam tudo isto.

É o caso da SAPO Promos, que mostra ao consumidor, numa só aplicação, todos os descontos e promoções divididos por categorias, em diversas cadeias de retalho em Portugal. São de salientar ainda ferramentas como a Followprice, que notificam o consumidor quando o preço de um produto que ele deseja se altera. Mais vale uma promoção na mão do que duas a voar!

E se todas estas tecnologias para poupar já parecem muitas, não poderia faltar a referência às que permitem manter as despesas controladas: Boonzi, Quicken, Toshl Finance, YNAB, Be My Wallet… Permitem gerir o orçamento mensal através do próprio extrato bancário. É ainda possível poupar nas férias, com imensas apps de comparação de voos e de alojamento.

E quem diz economizar nisto, diz também poupar na aquisição de um empréstimo pessoal ou de um cartão de crédito, tal como acontece com o ComparaJá.pt, a plataforma financeira de referência dos portugueses. Também na área financeira há tecnologias para poupar.

Enfim, este é um mundo de inúmeras possibilidades em que as tecnologias para poupar se revelam uma ferramenta de finanças pessoais muito útil. Há para todos os “vícios” e para todos os gostos!

Nair Dos Santos

Sobre Nair Dos Santos

Especializada em Economia Internacional, a Nair iniciou o seu percurso profissional em Marketing Institucional. Alia a sua criatividade ao universo financeiro com o objetivo de ajudar os portugueses a melhorar a sua literacia financeira e contribuir para o desenvolvimento de uma economia sustentável.

Comentários