As principais questões financeiras para a geração Y

|Posted by | Lifestyle, Todos os Artigos
Tags: , , , , , , ,

As Principais Questões Financeiras para a Geração Y

Afinal, a geração Y não é assim tão iletrada financeiramente como se poderia pensar, pelos menos no que toca ao povo norte-americano. Segundo uma análise com a “mão” do Facebook, enquanto apenas 37% de uma parte dessa geração elabora um plano financeiro, 86% poupa dinheiro todos os meses.

Mas o que é a geração Y, ao certo? Também designada por Millennials, a geração Y é um conceito sociológico que abrange a população nascida após 1980 e, segundo outros, de meados da década de 1970 até meados da década de 1990, sendo sucedida pela geração Z. Mas voltando ao estudo elaborado pela empresa de Mark Zuckerberg…

O que é que os utilizadores pensam?

A rede social dominante analisou alguns insights sobre os utilizadores, como conversas e dados de inquéritos, e descobriu que o estado de espírito da geração Y no que toca a dinheiro não é assim tão impulsiva como poderia pensar.

De acordo com a análise, os Millennials conduzem 40% das conversas financeiras no Facebook, gerando cerca de 6.5 milhões de posts, comentários e partilhas todos os meses – e as mulheres são as mais tagarelas, imagine-se! Aliás, mais de 60% de todo o conteúdo relativo a empréstimos e serviços peer-to-peer, crédito pessoal e à habitação, banca, investimento e cartões de crédito é dominado por utilizadores femininos.

Quanto às maiores preocupações, dívidas, pontuação de crédito e objetivos financeiros estão no topo, sendo estimado que 53% não têm ninguém em quem confiam no que toca à gestão do dinheiro e apenas 8% confiam em instituições financeiras.

Praticamente metade da geração está aberta a mudar de banco, agência de crédito ou corretora, e 1/3 descreve o atual banco em termos pouco lisonjeiros – 68% não sente que é compreendido pelo banco.

Alguns Millennials evitam cartões de crédito, com 25% a acreditar que esse tipo de produtos iria piorar a sua situação financeira. No entanto, 46% sublinha que a principal razão por que usam cartão de crédito é para ajudar a construir crédito, enquanto 36% dizem que ajuda a aumentar a sua flexibilidade financeira. Apenas 8% citam a acumulação de pontos como razão de utilização. De facto, 57% prefere pagar em dinheiro.

A geração Y está a redefinir o sucesso financeiro, por exemplo, 46% acredita que tal significa estar livre de dívidas. Por outro lado, ter uma casa foi considerado uma prioridade de topo por 21%, enquanto apenas 13% indica estar apto para se reformar como uma prioridade financeira.

Consulte aqui o estudo completo.

Facebook e crédito pessoal: alguma relação?

Não é segredo nenhum que o Facebook tem reunido informação (como a do estudo mencionado acima) dos utilizadores ao longo dos anos, usando essa mesma informação para personalizar os anúncios publicados.

Já se fala, inclusive, que isso poderá no futuro ser utilizado para aprovar – ou declinar – um pedido de crédito pessoal por parte dos utilizadores, tendo o Facebook já assegurado uma patente para autorizações e autenticações baseadas nos usuários e respetivas conexões:

Quando um indivíduo solicita um empréstimo, o credor examina a pontuação de crédito da rede de contactos específica e autorizada. Se a pontuação média desses membros for a mínima aceite, o credor continua o processo da solicitação. Caso contrário, o pedido é rejeitado.

Apesar de já existirem algumas plataformas que fazem isso além-fronteiras, até porque utilizar informações das redes sociais não é algo inteiramente novo, pode estar à vista o início do movimento em Portugal de empréstimos alternativos. E quanto à literacia financeira, como estão os portugueses?

Literacia financeira da geração Y em Portugal

Por cá, o mais recente estudo da Standard & Poor’s exposto pelo ComparaJá.pt mostra que, em Portugal, o grupo etário entre os 15 e 34 anos, que representam 38% dos inquiridos que corresponderam corretamente, destaca-se nos resultados de literacia financeira quando comparado com as outras faixas etárias.

Os Millennials portugueses são o grupo com mais respostas certas ao questionário (38%), representando 27% da amostra. Em último lugar e representando 20% das respostas estão as pessoas com mais de 55 anos.

Quer aumentar a sua literacia financeira? Siga o blog do ComparaJá.pt e receba dicas sobre como poupar dinheiro em Portugal!

Frederico Moura Martins

Sobre Frederico Moura Martins

Formado em Ciências da Comunicação e especializado em Ciência Política, o Frederico iniciou o seu percurso profissional em jornalismo e, posteriormente, em produção de conteúdos digitais. Procura aplicar a sua paixão por contar histórias na desmistificação da complexidade dos produtos e serviços financeiros para ajudar os portugueses a poupar e a tomar decisões informadas e conscientes nos diferentes âmbitos das suas Finanças Pessoais.

Comentários