Menu
Ligue
Ligue 211 165 765 Seg - Sex: 10h às 19h

Credito habitacao

Não sabe como comprar casa? 3 Fatores a ter em conta

Por Henrique Figueiredo em October 27, 2017 | Tempo de leitura: 5 minutos

como comprar casa
A compra de casa é sempre uma decisão que deve ser ponderada ao máximo. Para quem não sabe como comprar casa, há sempre uma série de fatores a ter em conta. E, muitas vezes, tudo radica numa questão de escolhas: prefere ter uma localização privilegiada ou pagar menos? Ou não se importa de pagar um pouco mais para ter uma casa maior?

Para ficar a saber tudo acerca de como comprar casa, o ComparaJá.pt preparou um curto guia com 3 pontos que não deve descurar. Está pronto?

1. Localização, localização, localização

Visto ser uma decisão para “a vida”, na aquisição de casa tem que ter atenção – antes de mais – ao sítio onde vai comprá-la. Por exemplo, se passar pelos seus planos de vida ter filhos, importa ter escolas ou colégios por perto e, claro, é sempre bom ter acesso facilitado a uma série de serviços: hospitais, farmácias, supermercados, transportes públicos e afins.
Leia mais: 10 Dicas para quem vai comprar a primeira casa
Portanto, quando pensar em como comprar casa tenha sempre atenção ao sítio onde esta está localizada. Mas não se esqueça: a localização privilegiada também se paga.

Há ainda um outro fator a ponderar e cujos custos podem ser mitigados: o IMI. Vários fatores concorrem para a formação deste imposto, nomeadamente a localização. Esta tributação fica a 0,8% para os prédios rústicos e para os imóveis urbanos incide entre os 0,3% e os 0,5%. Portanto, já sabe: o local do seu imóvel também afeta o que vai pagar de impostos sobre o mesmo.

2. Veja se está tudo em ordem em termos legais

Agora que já encontrou a casa dos seus sonhos, importa averiguar se está tudo nos conformes com a mesma. Nesta lógica de como comprar casa, os aspetos legais não podem ser descurados. Em primeiro lugar, dirija-se às Finanças e veja se a habitação que pretende adquirir está inscrita na matriz predial. Caso as Finanças não possuam este registo, mais vale esperar e não assinar já o contrato.
Saiba mais: 3 Erros a evitar se quer comprar casa
De seguida, antes de assinar qualquer contrato definitivo, importa pedir uma opinião especializada. Contacte um advogado para que este verifique se se encontra tudo em ordem. Se não o fizer, corre o risco de perder muito dinheiro.

Depois pode querer assinar um contrato de promessa de compra e venda que, apesar de não ser obrigatório, antecede o contrato definitivo e transmite uma série de obrigações relativas à finalização do mesmo. Este contrato é estabelecido de acordo com o exposto no artigo 410.º e posteriores, do Código Civil (CC).

3. Pense em como comprar casa, mas pense também como pagá-la

Das coisas mais importantes na aquisição de uma casa é a decisão de como pagá-la e quem não tem pais ricos tem – normalmente – que pedir um crédito para o efeito. Assim sendo, como pode poupar neste processo? O primeiro passo é a comparação.

A oferta das instituições financeiras varia em termos de spreads, TAER e afins. Portanto, importa ver quais são as instituições que têm as ofertas mais apelativas. E lembre-se: os bancos normalmente pedem sempre uma entrada inicial, logo prepare-se para ter 15% a 20% do valor da casa de lado.

Além disso, sabia que pode trocar de seguro de vida associado ao crédito habitação a qualquer momento? Sim, todo o crédito para a compra de casa tem um seguro associado. Mas este pode ser mudado a qualquer momento, durante o contrato. E com esta mudança pode poupar milhares de euros.
Não perca: INFOGRÁFICO | Uma casa de sonho à distância de um empréstimo
No entanto, o financiamento para adquirir um imóvel tem bastantes outros fatores que importa analisar. Além dos pontos referidos, considere outros pormenores, tais como: a exposição solar do imóvel, ver se a taxa EURIBOR é a ideal, verificar se a sua taxa de esforço permite contrair este empréstimo e, claro, faça as contas para ver se vale a pena comprar uma habitação ou se o arrendamento é suficiente.

Encontre o Crédito Habitação mais acessível

Poupe até 30.000€ no financiamento da sua casa.