Sucesso - terminou sessão

Enviaremos um email com as instruções para poder alterar a sua palavra-passe

Glossário Crédito Pessoal

Agência
Sucursal de instituição financeira de crédito ou banco com sede em Portugal ou no estrangeiro.
Amortização de Empréstimo
Pagamento gradual ou total de determinado capital em dívida.
Autorização de Débito em Conta (ADC)
Consentimento expresso do devedor transmitido a uma instituição de crédito no qual permite ao credor ou a um representante seu, débitos diretos de montante fixo, variável ou até um determinado valor ou data, previamente definidos na conta de depósitos à ordem aberta em seu nome nessa instituição.
Capital
Importância nominal do empréstimo hipotecário. Total da dívida pendente, sem incluir os juros.
Crédito Consolidado
Solução financeira personalizada que consiste em juntar todos os créditos a decorrer num único empréstimo, com uma única mensalidade, geralmente mais reduzida graças a um alongamento da duração do prazo.
Crédito Estudante
Crédito para fins académicos como curso superior, pós-graduações, mestrados, doutoramentos e formações de executivos, em Portugal ou no estrangeiro.
Crédito Lar
Crédito pessoal para a remodelação duma casa ou quarto, ou para a aquisição de equipamentos como electrodomésticos, equipamento informático, mobília, etc.
Crédito Rápido
Crédito que se pode obter num curto espaço de tempo, normalmente podendo ser solicitado através da internet. Em muitos casos não é necessário uma conta num banco para ser aprovado.
Crédito Renegociado
Crédito que entrou em situação de incumprimento mas teve o respetivo prazo de pagamento renegociado, sem garantias adicionais, por acordo entre a entidade participante e o beneficiário do crédito.
Crédito Vencido
Crédito em situação de incumprimento de pagamento, ou seja, cujos prazos de amortização não foram respeitados pelo devedor.
Crédito Viagem
Crédito que se destina a uma viagem de férias.
Empréstimo
Contrato pelo qual se regula o acordo estabelecido entre o mutuante (banco ou instituição financeira) e o mutuário (cliente) relativo a um financiamento e onde se especificam todas as suas condições (montante, prazos, taxas de juro, etc.). No caso do crédito habitação, pode tomar a forma de escritura pública ou de documento particular.
Encargo
São os custos que se têm de suportar, como por exemplo, os juros de um empréstimo contraído, despesas de manutenção de conta, etc.
Endividamento
O rácio de endividamento é o indicador macroeconómico que mede o peso do endividamento das famílias em relação ao seu rendimento num ano, isto é, se cada família tivesse que pagar todas as suas dívidas num ano quanto é que isso representaria do que ganham nesse mesmo ano.
Euribor (Euro Interbank Offer Rate)
Esta taxa é calculada diariamente pela média das taxas de 57 bancos com grande peso na economia do euro e que reflete o preço do dinheiro ao qual esses bancos trocam dinheiro entre si. A taxa Euribor é frequentemente utilizada como o indexante no cálculo das taxas de juro para crédito pessoal.
Fiador
Pessoa que garante o pagamento do crédito em caso de incumprimento. Só se torna exigível depois de o banco ter tentado, de todas as formas, obter a cobrança junto do devedor.
Fiança
Garantia pessoal pela qual o fiador (terceira pessoa) se compromete, perante o banco (credor), a pagar a prestação do crédito, caso o afiançado (devedor) não o faça na devida altura.
Hipoteca
Garantia real que confere ao credor o direito de se fazer pagar, de preferência a outros credores, pelo valor ou rendimento de certos bens do próprio devedor ou de terceiros.
Incumprimento
Situação de não pagamento atempado das dívidas por parte do devedor.
Indexação
Ligação de uma determinada variável (e.g. taxas de juro como a Euribor a 3 ou 6 meses) a um indicador de referência, que se designa por Indexante.
Indexante
Taxa de juro representativa das condições de mercado, utilizado como referência nos empréstimos com taxa variável. O juro a pagar pelo devedor é dado pela soma do indexante com o spread.
Instituição de Crédito
Instituição financeira que concede crédito a empresas, particulares e outros agentes económicos. São exemplos de instituições de crédito os bancos, as sociedades de leasing, de factoring, sociedades financeiras de corretagem ou sociedades financeiras de aquisição a crédito.
Instituição de Crédito Hipotecário
Instituição de crédito que concede, adquire e aliena créditos garantidos por hipoteca sobre bens imóveis a fim de emitir obrigações hipotecárias.
Instituição Financeira de Crédito
Instituições de crédito que podem realizar todas as operações permitidas aos bancos, com excepção da receção de depósitos.
Juro
Representa o preço do dinheiro, correspondendo à remuneração ou ao lucro produzido pelo capital emprestado durante determinado período de tempo. Quem coloca o seu dinheiro no banco, espera receber uma remuneração, pois está a disponibilizar recursos que são seus para serem utilizados por outras pessoas ou empresas. Por seu lado, quem necessita de mais fundos do que aqueles de que dispõe estará disposto a suportar um custo para ter acesso a esses fundos. A essa remuneração e a esse custo chama-se juro, o qual pode ser recebido ou pago de acordo com diversas periodicidades, conforme combinado entre as partes (mensalmente, semestralmente, anualmente, etc.).
Juro Composto
Adição dos juros vencidos ao capital inicial, gerando maiores juros no futuro.
Juro Corrido
Juro acumulado entre a data de pagamento do cupão mais recente e a data de venda de uma obrigação. No momento da transação, o comprador paga o preço da obrigação mais o juro corrido, que se calcula multiplicando o juro diário líquido do empréstimo pelo número de dias passados desde o último pagamento de juros.
Juro de Mora
É a sobretaxa cobrada no caso de mora (atraso) do devedor, aplicando-se ao valor do capital e dos juros vencidos.

Compare e adira em 3 passos

Simulador líder em Portugal de produtos de Crédito e Telecomunicações

100% gratuito
Rápido e simples
Imparcial e independente

Utilize os simuladores do ComparaJá.pt para resumir todo o mercado às opções mais adequadas para si. Beneficie do nosso acompanhamento personalizado, sem compromissos, para aderir à melhor oferta de forma informada.

Testimonial person
Sem ter de perder tempo a ir aos balcões encontrei ajuda no simulador do ComparaJá para escolher a melhor oferta. O apoio ao telefone foi impecável e trataram-me de tudo. Recomendo.
Ana Santos, 52 anos, Setúbal

Dicas de Finanças Pessoais exclusivas

Fique a par das últimas novidades financeiras e receba as melhores dicas sobre como poupar dinheiro ao subscrever a nossa newsletter.

Últimos Artigos

Mantenha-se a par das mais recentes novidades do mundo financeiro e das melhores dicas de poupança.
Veja todos os artigos do nosso blog