Sucesso - terminou sessão

Enviaremos um email com as instruções para poder alterar a sua palavra-passe

Facilitamos a sua escolha ao agregar todas as ofertas existentes no mercado

Crédito Pessoal

Muitas vezes, são necessários determinados bens para os quais o consumidor não dispõe imediatamente de dinheiro à ordem para adquirir. Nestas situações o recurso ao crédito afigura-se como uma alternativa viável. Um empréstimo bancário mais não é do que um contrato entre o banco e o cliente no qual este recebe o montante de que precisa mediante a cobrança, pelo primeiro, de uma taxa de juro.

Podem ser diversas as finalidades de um empréstimo bancário: seja para realizar obras em casa, fazer umas merecidas férias em família, adquirir um carro ou até mesmo para comprar um computador ou um eletrodoméstico novo. Normalmente, um empréstimo bancário pode ser solicitado até 75 mil euros, sendo que o prazo geralmente não ultrapassa os 120 meses (10 anos).

Se porventura houver necessidades imediatas de financiamento em valores mais reduzidos (abaixo de 500 euros), o recurso ao cartão de crédito deverá ser uma opção mais indicada.
Na plataforma do ComparaJá.pt é possível pedir um empréstimo pessoal online, indicando, no primeiro passo do simulador, qual o montante que se deseja e em quanto tempo se quer pagar.

Após o preenchimento dos dados, ter-se-á acesso a uma comparação de todas as soluções do mercado adequadas ao perfil do consumidor, dando para ter uma noção muito aproximada de qual será a mensalidade a pagar ao banco e o montante total imputado ao consumidor, bem como a taxa de juro aplicada (que no caso do empréstimo bancário é a TAEG).

Depois de comparar, basta escolher a solução que mais vai ao encontro das necessidades. Após o pedido de crédito online seguem-se as etapas de recolha de documentação, pré-aprovação e aprovação final do empréstimo bancário. Este processo não tem quaisquer custos.
Após a assinatura do contrato entre o banco e o cliente – depois do qual o banco deposita o valor solicitado na conta à ordem do consumidor – inicia-se o período de reembolso. Todos os meses a partir de então, o cliente tem de pagar ao banco a prestação mensal que ficou acordada enquanto durar o prazo do empréstimo. A mensalidade é sempre composta pelo capital acrescido de juros.

Antes de pedir um empréstimo bancário, o consumidor deve atentar, em primeiro lugar, à sua taxa de esforço, que mede o peso dos encargos financeiros com créditos no rendimento total mensal do agregado. Avaliar bem o orçamento familiar antes de tomar qualquer decisão financeira é crucial para evitar situações de sobreendividamento.