Menu
Ligue
Ligue 211 165 765 Seg - Sex: 10h às 19h

Gás Natural: descubra quem são os fornecedores em Portugal e todas as vantagens

Adira aqui

Energia

Antes de mais, deve saber que há vários fatores que diferenciam o gás natural dos restantes tipos como, por exemplo, o gás engarrafado propano ou butano.
Gás Natural Gás Engarrafado
Maior estabilidade de preços Menor estabilidade de preços
Gás canalizado Depende de garrafa
Exige instalação de equipamento Exige fornecedor de garrafas
Preço de instalação reduzido Não exige
Perigo reduzido (gás leve) Perigo moderado (gás pesado)
 
Como se pode ver, normalmente pode proceder a poupanças se optar pelo gás natural canalizado, sendo que em algumas estimativas, o custo deste consumo pode chegar a metade do preço.
Vai sempre depender se já tem instalado um equipamento para receber gás canalizado na sua propriedade, sendo que isso pode facilitar ou não receber gás natural e, consequentemente, o preço do mesmo. Mas os passos a dar, para instalar este serviço energético são os seguintes:

  1. Certifique-se primeiro que está abrangido pela rede de gás natural: mas mesmo depois disto, deve perceber se a instalação em sua casa está preparada para receber gás natural, caso contrário poderá ter que fazer uma nova instalação.
  2. Os seus equipamentos podem estar adaptados ao gás engarrafado: nesse caso, têm mesmo que ser modificados para passar gás natural. Na maioria dos casos, tudo o que é preciso é proceder à mudança dos injetores e, nos casos mais difíceis, poder-se-á que ter que alterar todo o equipamento.
  3. Depois terá que contactar uma empresa de inspeção certificada:: serve isto para garantir que tem todas as condições de segurança para iniciar o fornecimento. Deve ter consigo os contratos de eletricidade e água, equipamentos devidamente ligados pela empresa que os instalou e todos os sistemas de ventilação da zona de instalação, por exemplo os exaustores, a funcionar de forma correta
  4. Depois depende do resultado: se lhe for dado o OK, será emitido um certificado, para que possa contratar este serviço de gás natural, senão, de acordo com a legislação em vigor poderá ter que proceder ás modificações exigidas por lei
Mas, em princípio, a sua casa já deverá estar abrangida por esta rede e tudo o que poderá ter que fazer é renovar a certificação necessária, de 5 em 5 anos, em instalações com mais de 10 anos.
Muitas vezes poder-lhe-ão perguntar se tem gás propano, gás butano ou se, por seu lado, possui gás natural. Muitas vezes, tal serve para perceber que oferta já possui, de forma a saber como se procederá a instalação de gás natural na sua casa.

Respondendo à questão, gás propano e gás butano são gases engarrafados, enquanto o gás natural, como já vimos, é normalmente canalizado. Mas, mesmo entre estas duas soluções, encontramos diferenças. O gás butano, de forma mais técnica, é um hidrocarboneto saturado, sendo que é conseguido através do aquecimento do petróleo. Não tem cor, nem odor. Já as botijas de gás propano são formados por um componente (o gás) mais leve o que o torna também mais eficiente, na medida em que consome a totalidade do gás que tem na garrafa. No geral, o gás butano é mais eficiente para o uso doméstico, enquanto o gás propano apresenta um melhor uso para fins industriais ou comerciais.

Por fim, a solução do gás natural. Esta, tal como está patente no próprio nome, é formada pela decomposição de depósitos naturais de matéria vegetal e orgânica com milhões anos, sendo composta principalmente por gás metano. O gás natural também é uma solução mais económica para as famílias, sendo que um estudo de 2017 da DECO aponta para uma poupança de 119€ por ano favorável ao gás natural, quando comparadas com as várias soluções existentes no mercado.
Numa altura em que a preocupação com a pegada ecológica é uma constante cada vez maior, importa analisar o impacto que os diferentes tipos de combustíveis têm no ambiente. A verdade é que, de acordo com a própria Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), o uso de gás natural permite proceder a reduções nas emissões de CO2, pelo que é ativamente encorajado.

Mas não é só com o CO2 que o gás natural tem uma relação positiva, mas sim com a acidificação ou, com as chamadas chuvas ácidas, que contribuem para a distribuição de ecossistemas inteiros. No quadro que veremos adiante, citado pela ERSE, ver-se-á que o gás natural é a alternativa, entre os combustíveis fósseis, mais económica.

Combustível Fator de Emissão (t C/TJ)
Gás Natural 15,3
Gasolina 18,9
Gasóleo 20,2
Fuel Óleo 21,1
Antracite 26,8
  • (tC/TJ) - Teor de carbono do combustível por energia

  • Fonte: IPCC (1996) in Antunes et al (2000)
Para ter acesso a gás natural em sua casa, deve sempre ver quem tem a melhor oferta. Em Portugal, há vários fornecedores, contando-se entre estes:
O mercado regulado, cujas tarifas são controladas pela ERSE, mandata a pessoa a que, enquanto permanecer no mesmo, fique ligada ao seu fornecedor atual. O preço do do gás natural é, aqui, sujeito a fixação pela entidade reguladora e o mesmo é revisto trimestralmente.

Por outro lado, existe o mercado livre, também apelidado de liberalizado, em cujo preço do gás é flutuante de acordo com o que é estabelecido pelos diferentes operadores. Nesta solução, o cliente pode escolher livremente o seu fornecedor de gás natural, optando por aquele que lhe traz mais garantias e poupanças.

Importa referir que o mercado regulado de energia terá como término a data de 31 de dezembro de 2020, onde todos os clientes passarão para o mercado liberalizado de gás natural.
Ao mudar o seu comercializador de gás natural, não irá sofrer nenhuma alteração no fornecimento deste serviço. Com isto quer-se dizer que o seu fornecimento não será interrompido, uma vez que tudo o que a mudança implica são alterações contratuais, acordadas com o novo fornecedor.
O escalão de consumo em que o cliente se insere depende muito da utilização que faz do serviço de gás canalizado. Quanto mais usar, mais sobe neste escalão. Os escalões de consumo existentes são quatro:

Escalão m3/ano
1 0 a 220
2 221 a 500
3 501 a 1000
4 1001 a 10000
 
Caso o consumo mensal ultrapasse o valor máximo daqueles referidos na tabela, então o cliente passa a ser considerado como industrial e terá que negociar o seu tarifário com o comercializador. É também importante referir que, a cada 12 meses, o seu consumo é revisto por quem opera a rede.
customerpromise.alt

Obtenha as melhores tarifas de energia para a sua casa

Para além de agregarmos e compararmos todas as ofertas existentes no mercado português, apresentamos também as características e vantagens de cada produto.
Desta forma, garantimos que os nossos utilizadores conseguem tomar uma decisão informada, beneficiando das melhores condições para o seu perfil e necessidades
Facilitamos todo o processo de análise e comparação do mercado ao permitir o acesso, de forma intuitiva e em menos de 1 minuto, a todos os custos e condições contratuais de cada solução.