Menu
Ligue
Ligue 211 165 765 Seg - Sex: 10h às 19h

Velocidade Internet: Faça aqui um speedtest

Insatisfeito com a sua velocidade de Internet? Compare todos os pacotes e escolha o melhor para si.



Como medir a velocidade da Internet?

Desde logo, cabe salientar que a velocidade da Internet em casa nunca será constante – haverá sempre oscilações decorrentes de inúmeras variáveis que afetam este desempenho (tais como a sobrecarga do servidor ou o facto de se estar a usar um computador obsoleto). Em princípio, a velocidade da internet pode ir de 1.0 Mbit/s até 400.0 Mbit/s e existe mais do que um canal disponível para testar.

Para se saber a Internet que se tem realmente em casa, deve-se primeiro efetuar um speed test, que serve para medir a velocidade da Internet. Esta será uma forma de provar que o serviço que tem em casa é (ou não) o que consta realmente do seu contrato e, por conseguinte, mostrar à operadora e negociar alterações, se necessário. Os limites de velocidade da Internet também variam consoante a tecnologia que se está a usar. Normalmente, a ADSL apresenta um máximo de 24 Mbps, ao passo que a fibra ótica pode chegar a 1 Gbps, de acordo com o que é oferecido atualmente pelas operadoras de telecomunicações portuguesas. Faça o seu teste velocidade internet acima.

Speedtest: Como utilizar o medidor de velocidade de internet do ComparaJá.pt?

O ComparaJá.pt, em parceria com a nPerf, disponibiliza um speedtest cuja utilização é totalmente gratuita e que permite determinar com ele grau de precisão a capacidade a velocidade de internet, quer em computadores quer em dispositivos móveis.

Para dar início à medição basta clicar no botão “Iniciar o teste”, o qual surge após o rápido carregamento do teste de velocidade e respetiva verificação de compatibilidade. O speed test do ComparaJá.pt/nPerf dá a possibilidade de avaliar a capacidade da conexão com elevado grau de fiabilidade, medindo para tal a taxa de download, a taxa de upload e a latência da sua ligação à internet.

Dispondo de uma rede de servidores dedicados, os quais são otimizados de forma fornecer a taxa de bits necessária para saturar a conexão, isto com vista a alcançar uma medição fiável, este speedtest tem compatibilidade com as várias tipologias de ligação, desde ADSL, cabo, fibra ótica, satélite, VDSL, wifi, wimax, dados móveis, entre outros.

Os pontos identificados na interface do teste velocidade internet do ComparaJá.pt/nPerf são os seguintes: Operador; Tipo de Conexão; IPv4/IPv67/ASN; Sistema; Servidor (localização/rede); Download (Pico e Média em Mb/s); Upload (Pico e Média em Mb/s) e Latência (Mínimo, Média e Jitter em ms).

No final do speedtest é dada a possibilidade de reiniciar a medição da velocidade de internet ou de partilhar nas redes sociais os resultados obtidos.

Velocidade de internet: em que consistem as métricas da velocidade de download?

A velocidade de download da internet, isto é, a taxa de bits descarregados por segundo, é um indicador que permite aferir rapidez com que a sua ligação permite fazer o download de um ficheiro. Quanto mais elevada for a taxa, mais rápida será a conexão.

Sendo um dos pontos-chave de um serviço de internet, a velocidade de download da internet acaba por ser uma das principais características salientadas pelas operadoras aquando da publicitação das suas ofertas de TV NET VOZ.

Teste de velocidade de internet: o que é a velocidade de upload?

Sendo medida em megabytes por segundo (Mbps), a velocidade de upload corresponde à quantidade de dados, isto é, à taxa de bits carregados, por segundo. Assim, quanto mais elevada for esta taxa, mais rápida será a velocidade da conexão à internet.

À semelhança da velocidade de download, uma elevada velocidade de upload é fulcral para se usufruir de uma ligação à internet com qualidade pois tal impactará o tempo que demorará o carregamento/partilha de dados com outros servidores/pessoas.

Não sendo tão importante quanto a componente do download, isto porque a maioria dos utilizadores necessita mais de fazer descargas do que carregamentos, ainda assim a velocidade de upload não deverá ser inferior a 10 Mbps de forma a garantir que não há restrições, por exemplo, no envio de emails, no acesso a videoconferências via Skype ou Zoom, chamadas de vídeo através do Facetime ou Whatsapp ou na partilha de vídeos e fotos em aplicações como Instagram ou Facebook.

Medir internet: O que é a latência ou ping?

A latência, isto é, o ping de rede, é um indicador que permite aferir o tempo que um determinado dado necessita para fazer o percurso de ida e volta entre o dispositivo em que está a ser realizado o teste e o servidor utilizado pelo speedtest para o efeito, sendo este tempo de resposta medido milésimas de segundo (ms).

Nesse sentido, quando mais baixa for a latência de uma rede, isto é, quanto mais reativa for, mais elevada será a velocidade da net.

Porque nas ligações à internet com recurso a fibra ótica os entraves à propagação de dados são mínimos, esta é considerada o melhor tipo de conexão, obtendo-se através desta tecnologia os melhores resultados no momento de medir internet.

Os valores normais para ligações com recurso a cabo são até 20ms. Já para ligações wifi, são até 30ms e ligações móveis aproximadamente até 100ms.

Testar velocidade internet: o Jitter é um indicador a ter conta?

Sendo tecnicamente definido como a variação no atraso de tempo em milésimas de segundo (ms) entre pacotes de dados de uma determinada rede, o Jitter é tipicamente uma interrupção na sequência normal de transmissão de pequenos conjuntos de dados.

Nesse sentido, é importante atentar no jitter no momento de medir a velocidade de internet pois a existência de atrasos na transmissão de pacotes de dados poderá resultar num congestionamento da rede, isto porque os dispositivos conectados à mesma acabam por competir pelo mesmo espaço de largura de banco, pelo que quanto maior o congestionamento, maior será a hipótese de se verificarem perdas de determinada sequência de dados.

O jitter é um dos pontos salientados no speedtest que o ComparaJá.pt disponibiliza gratuitamente aos seus utilizadores.

Como aumentar a velocidade da Internet em casa?

Naturalmente, todas as pessoas desejam ter uma velocidade de Internet superior e nem sempre a que é contratada acaba por ser tão rápida como expectável. Embora as questões financeiras sejam incontornáveis (contratar um pacote com mais capacidade implica geralmente um gasto mais avultado na mensalidade), existem diversas estratégias que podem ser adotadas para se melhorar a conexão.

O que fazer para se ter Internet mais rápida em Portugal sem intervenção da operadora?

É estimado que um utilizador pode perder 65% da sua velocidade contratada devido a variáveis externas, tais como obstáculos no sinal causados por paredes de cimento, aquários, espelhos ou outros, e o próprio sítio onde o router é instalado.

Neste sentido, o primeiro passo deverá ser o de colocar o router num local onde tenha menos interferência possível, para que não se perca a intensidade do sinal em algumas divisões. Convém avaliar também se o serviço que se tem contratado corresponde realmente à utilização que se faz da Internet. Se houver muitos utilizadores conectados em simultâneo, e especialmente se estiverem a fazer uma utilização intensiva (a ver vídeos ou a jogar online, por exemplo), é normal que a Internet possa ficar mais lenta. A velocidade da Internet pode diminuir 80% se houver vários dispositivos ligados em concomitante.

Outro comportamento que também pode ajudar é o de ajustar as antenas do router, especialmente nos que têm duas antenas, devendo colocar-se uma na vertical e outra no sentido horizontal. Se o consumidor estiver a ser pirateado, é normal que a velocidade da sua conexão seja afetada. Para evitar que isto aconteça, nada como alterar a palavra-passe para uma que, por exemplo, tenha mais de 12 caracteres alternados entre números e letras maiúsculas e minúsculas. Estas são algumas formas de tentar ter mais velocidade de Internet em casa.

Existem equipamentos que ajudam nesta tarefa?

Os seguintes dispositivos podem acelerar a velocidade de conexão da Internet em casa:
  • Extensores de rede/replicadores de sinal: transmitem o sinal Wi-Fi do router a qualquer dispositivo.
  • Powerlines: dispositivos que permitem utilizar a rede Wi-Fi através da corrente elétrica. Para além do Wi-Fi, são também compatíveis com as tomadas tradicionais e as portas de rede Ethernet.

Como ter maior velocidade de Internet móvel?

Hoje em dia, praticamente todas as pessoas acedem à Internet através do telemóvel. Torna-se muito fácil de utilizar nas deslocações para o trabalho, nos transportes públicos, à hora do almoço, etc. Porém, algumas apps gastam mais dados móveis do que outras e existem maneiras de poupar neste consumo.

Em primeiro lugar, nada como usar o Wi-Fi sempre que possível. Pode ser uma dica um pouco óbvia, mas desligar os dados móveis (algo que pode cair no esquecimento) sempre que existe acesso a uma rede wireless traz poupanças significativas no final do mês. Da mesma forma, sempre que possível e se este serviço estiver disponível (por enquanto, apenas MEO e a NOS disponibilizam esta opção), pode aceder-se aos hotspots das operadoras.

Aplicações como o Google Maps gastam Internet ao ter de se descarregar os mapas. Por isso, caso se consiga fazer com antecedência, o melhor é proceder ao download dos mapas da localidade que se deseja quando se tiver uma ligação Wi-Fi, sendo posteriormente possível consultá-los offline.

Uma outra estratégia que permite poupar muitos dados (e consequentemente ter maior velocidade de Internet móvel) reside em desligar as notificações por push, ou seja, não permitir que determinadas apps estejam constantemente a disparar notificações e a funcionar em segundo plano – algo que normalmente se resolve, de forma fácil, nas definições do telemóvel.

Da mesma forma, as atualizações automáticas do sistema do smartphone devem ser programadas para ocorrerem apenas quando existe acesso a uma rede Wi-Fi. Em aplicações de mensagens instantâneas – tais como o Facebook Messenger ou o WhatsApp – pode estar ativado o download automático das imagens e dos vídeos que forem recebidos. Se se desligar esta predefinição na própria aplicação vão poupar-se alguns dados móveis. Deve-se ainda cancelar a reprodução automática de vídeos no Facebook quando se navega pelo feed de notícias.

Speedtest: como otimizar os resultados do teste de internet?

De forma a obter-se o melhor resultado no speedtest é fundamental para todos os parar todos os downloads ativos nos diferentes dispositivos e equipamentos conectados ao modem da internet – sejam outros computadores, telemóveis, tablets, televisões, consolas, etc.

O teste de internet deverá também ser feito, preferencialmente, como uma ligação com recurso a cabo e não através de WiFi.

Qual o teste de velocidade mais confiável?

Há vários que fatores podem influenciar os resultados do medidor de velocidade da internet e, por conseguinte, a sua fiabilidade. Por exemplo, o navegador através do qual é feito o teste - desde Google Chrome, Safari ou Internet Explorer - tem influência na fiabilidade dos resultados, assim como o tipo de dispositivo utilizado para o efeito, seja um computador ou um dispositivo mobile.

Outro aspeto fundamental quando se avalia qual o melhor medidor velocidade internet é a questão dos servidores, os quais influenciam sempre os resultados obtidos no speedtest. Por fim, e também influenciando a fiabilidade da medição da velocidade de ligação à internet surgem também as próprias características da rede de cada operadora, que sendo distintas umas das outras, acabam por ser um fator a ter em consideração.

Speedtest Anacom: velocidade de internet anunciada, máxima, normalmente disponível e mínima

De acordo com a Autoridade Nacional de Comunicações (ANACOM), sempre que os consumidores contratualizam um serviço de internet fixa em qualquer operadora, há um conjunto de informações obrigatórias que deverão constar do contrato. A saber:

  • Velocidade anunciada: é a velocidade que a operadora publicita nas suas comunicações comerciais e de marketing.
  • Velocidade máxima: é valor máximo que, conforme consta das condições contratualizadas, o consumidor poderá usufruir em pelo menos um determinado período diário (o qual deverá ser devidamente especificado). Esta velocidade deverá ser tecnicamente obtida nas condições específicas de medição/uso do serviço contratado de conexão à Internet;
  • Velocidade normalmente disponível: velocidade que os consumidores podem esperar, na maior parte das vezes em que acedem à Internet;
  • Velocidade mínima: velocidade mínima garantida pela empresa de telecomunicações conforme definido no contrato, significando tal que em nenhum momento a velocidade medida pode ser inferior a este valor. Excetuam-se apenas falhas completas do serviço de Internet.
Caso o desempenho da sua internet fixa apresente uma diferença significativa face às condições contratualizadas, e se a sua operadora não solucionar o problema, o consumidor poderá proceder a uma medição no speedtest ANACOM, isto através da ferramenta oficial do supervisor, a qual se denomina de netmede, e contactar depois a ANACOM caso pretenda que esta entidade proceda a medidas corretivas como consequência do incumprimento do contrato no que respeita aos níveis mínimos da velocidade de internet.

Velocidade Internet MEO: qual o nível velocidade de internet dos serviços de fibra ótica da operadora?

No momento fazer o speedtest MEO, é essencial que os clientes tenham em considerações as condições definidas pela operadora no sentido de obter resultados otimizados. Entre os requisitos apontados para se obter resultados fidedignos no que respeita à velocidade de internet na MEO encontra-se o facto de a medição não ser feita com ligação via Wi-Fi. Para além deste requisito, existem outros fatores a considerar e que podem influenciar os resultados.

De acordo com a secção “Efeitos de outros serviços na velocidade internet fixa, os consumidores que tenham a internet fixa contratada deverão ter em conta que alguns dos serviços disponibilizados pela operadora – seja IPTV, MEO Jogos ou MEO Go3 - poderão ter interferências na performance da ligação à net, isto porque poderão resultar numa ocupação da largura de banda ao mesmo tempo que se dá o acesso à internet. Em seguida, descrevem-se as limitações por tipo de acesso físico disponibilizado.

No que respeita aos produtos fibra ótica, cujas especificações se encontram plasmadas na tabela abaixo, os clientes deverão ter em atenção que para serviços de 100 Mbps de download com equipamento sem portas GbE, ou então no caso de acessos a 1 Gbps e no caso de ser disponibilizado serviço TV (IPTV), cada canal de TV visualizado ou gravado terá impacto na velocidade máxima disponibilizada no acesso à Internet em função do nível de definição dos canais: Canais em definição simples (SD): até 2,5 Mbps – 2,9 Mbps; Canais em Alta definição (HD): até 7,5 Mbps – 7,8 Mbps; e Canais 4K IPTV: até 20 Mbps De salientar que não se verificam quaisquer implicações na velocidade de internet da MEO, caso tal seja feito com recurso à fibra ótica, nos casos de distribuição dos canais TV em RF.

Assim, na tabela abaixo encontram os valores ao nível velocidade de internet anunciada, máxima, normalmente disponível e mínima que os clientes podem esperar num speedtest MEO. De referir que, conforme descrito pela operadora, “as velocidades apresentadas não incluem encapsulamento de dados para os produtos até 400 Mbps pois a tecnologia permite velocidades superiores. Para as velocidades de 1 Gbps esta abordagem não é possível devido às limitações a 1 Gbps das portas dos equipamentos ONT e router”.

Velocidade Internet MEO - Níveis de Internet Fixa (fibra)
Classe de Serviço
(Mbps)
Velocidade Mínima
(Mbps)
Velocidade normalmente disponível
(Mbps)
Velocidade Máxima
(Mbps)
Velocidade Anunciada
(Mbps)
Download Upload Download Upload Download Upload Download Upload
6/1 6 1 6 1 6 1 6 1
15/1 14 1 14 1 15 1 15 1
30/3 29 3 29 3 30 3 30 3
30/30 29 29 29 29 30 30 30 30
100/10 95 10 95 10 100 10 100 10
100/50 95 48 95 48 100 50 100 50
100/100 95 95 95 95 100 100 100 100
200/20 190 19 190 19 200 20 200 20
200/50 190 48 190 48 200 50 200 50
200/100 190 95 190 95 200 100 200 100
200/200 190 190 190 190 200 200 200 200
250/50 238 48 238 48 250 50 250 50
400/50 380 48 380 48 400 50 400 50
400/400 380 380 380 380 400 400 400 400
500/100 475 95 475 95 500 100 500 100
1Gbps/100* 879 95 879 95 925 100 1 Gbps 100
1Gbps/200* 879 190 879 190 925 200 1 Gbps 200
1Gbps/400* 879 380 879 380 925 400 1 Gbps 400
  • * A diferença entre a velocidade anunciada e a velocidade máxima obtida deve-se às limitações a 1 Gbps das portas do equipamento ONT e router. Velocidade máxima nas condições ideais da tecnologia, sem incluir encapsulamento de dados.



Speedtest NOS: quais os níveis de serviço que deverão ser assegurados aos clientes?

Conforme as informações oficiais da operadora, para efeitos de verificação dos resultados, na realização do speedtest NOS deverá ser assegurado que o computar dispõe de porta Gigabit e que está ligado ao router com cabo de rede certificado com CAT5E ou superior.

A operadora indica também que apenas o browser da internet deverá estar aberto e que todas as aplicações em background que possam consumir CPU, memório e/ou tenham sessões abertas à internet, em particular firewalls, antivírus e aplicações P2P deverão estar desligadas.

Por outro lado, no momento de realização a medição da velocidade de internet na NOS não deverão existir quaisquer outros aparelhos conectados ao mesmo acesso à internet e deverá ser assegurado que o computador possui velocidade de processador (memória RAM), capacidade de disco livre e tem instalado um sistema operativo adequado para atingir a velocidade de internet NOS contratada.

Eis os níveis de internet fixa, via tecnologia de fibra óptica, que deverão ser obtidos quando os clientes realizam um speedtest NOS:

NOS: Tabela de referência de velocidades de Internet (fibra)
Velocidade Anunciada Velocidade Máxima Velocidade Normalmente Disponível Velocidade Mínima
Download Upload Download Upload Download Upload Download Upload
1 Mbps 128 Kbps 1 Mbps 128 Kbps 0,95 Mbps 121,6 Kbps 0,8 Mbps 102,4 Kbps
4 Mbps 256 Kbps 4 Mbps 256 Kbps 3,8 Mbps 243,2 Kbps 3,2 Mbps 204,8 Kbps
6 Mbps 384 Kbps 6 Mbps 384 Kbps 5,7 Mbps 364,8 Kbps 4,8 Mbps 307,2 Kbps
5 Mbps 256 Kbps 5 Mbps 256 Kbps 4,75 Mbps 243,2 Kbps 4 Mbps 204,8 Kbps
10 Mbps 512 Kbps 10 Mbps 512 Kbps 9,5 Mbps 486,4 Kbps 8 Mbps 409,6 Kbps
12 Mbps 1 Mbps 12 Mbps 1 Mbps 11,4 Mbps 0,95 Mbps 9,6 Mbps 0,8 Mbps
15 Mbps 1 Mbps 15 Mbps 1 Mbps 14,25 Mbps 0,95 Mbps 12 Mbps 0,8 Mbps
20 Mbps 1 Mbps 20 Mbps 1 Mbps 19 Mbps 0,95 Mbps 16 Mbps 0,8 Mbps
20 Mbps 2 Mbps 20 Mbps 2 Mbps 19 Mbps 1,9 Mbps 16 Mbps 1,6 Mbps
24 Mbps 1,5 Mbps 24 Mbps 1,5 Mbps 22,8 Mbps 1,43 Mbps 19,2 Mbps 1,2 Mbps
30 Mbps 3 Mbps 30 Mbps 3 Mbps 28,5 Mbps 2,85 Mbps 24 Mbps 2,4 Mbps
50 Mbps 3 Mbps 50 Mbps 3 Mbps 47,5 Mbps 2,85 Mbps n.d. 2,4 Mbps
60 Mbps 4 Mbps 60 Mbps 4 Mbps 57 Mbps 3,8 Mbps 48 Mbps 3,2 Mbps
100 Mbps 10 Mbps 100 Mbps 10 Mbps 95 Mbps 9,5 Mbps 80 Mbps 8 Mbps
100 Mbps 100 Mbps 100 Mbps 100 Mbps 95 Mbps 95 Mbps 80 Mbps 80 Mbps
120 Mbps 10 Mbps 120 Mbps 10 Mbps 114 Mbps 9,5 Mbps 96 Mbps 8 Mbps
120 Mbps 100 Mbps 120 Mbps 100 Mbps 114 Mbps 95 Mbps 96 Mbps 80 Mbps
200 Mbps 20 Mbps 200 Mbps 20 Mbps 190 Mbps 19 Mbps 160 Mbps 16 Mbps
200 Mbps 100 Mbps 200 Mbps 100 Mbps 190 Mbps 95 Mbps 160 Mbps 80 Mbps
400 Mbps 20 Mbps 400 Mbps 20 Mbps 380 Mbps 19 Mbps 320 Mbps 16 Mbps
400 Mbps 100 Mbps 400 Mbps 100 Mbps 380 Mbps 95 Mbps 320 Mbps 80 Mbps
500 Mbps 20 Mbps 500 Mbps 20 Mbps 475 Mbps 19 Mbps 400 Mbps 16 Mbps
500 Mbps 100 Mbps 500 Mbps 100 Mbps 475 Mbps 95 Mbps 400 Mbps 80 Mbps
1 Gbps 20 Mbps 1000 Mbps 20 Mbps 900 Mbps 19 Mbps 800 Mbps 16 Mbps
1 Gbps 100 Mbps 1000 Mbps 100 Mbps 900 Mbps 95 Mbps 800 Mbps 80 Mbps
1 Gbps 200 Mbps 1000 Mbps 200 Mbps 900 Mbps 190 Mbps 800 Mbps 160 Mbps


Velocidade Internet NOWO: qual a velocidade de internet que a operadora é obrigada a garantir?

De acordo com as “Condições de oferta dos Serviços” da NOWO, é transmitido ao consumidor que para compreensão da tabela com a compilação dos níveis de velocidade de internet, isto face às condições de dimensionamento e utilização da rede desta operadora e desde que o cliente utilize o seu equipamento em condições ideais para a realização do speedtest NOWO, se torna necessário ter em atenção o seguinte:

  • As velocidades de download até 60 Mbps e as velocidades de upload nunca estão sujeitas a constrangimentos. Por conseguinte, os valores de velocidade anunciada, máxima, normalmente disponível e mínima são coincidentes;
  • Fora da hora de pico, as velocidades de download acima de 60 Mbps nunca estão sujeitas a constrangimentos e, como tal, os valores de velocidade anunciada, máxima e normalmente disponível são coincidentes. Sendo que durante a hora de pico estas velocidades poderão estar sujeitas a constrangimentos, a velocidade mínima, nessas circunstâncias, será inferior aos valores das restantes velocidades. No entanto, mesmo em hora de pico poderão ser obtidas velocidades até ao limite da velocidade máxima definida para o serviço, uma vez que os valores de velocidade mínima só deverão afetar até 20% dos clientes.
A medição da velocidade de acesso em cada instante pode ser feita pelo cliente através de um speedtest NOWO, sendo que cada medição individual deverá cumprir os valores da tabela abaixo:

Velocidade Internet NOWO- Níveis de Internet Fixa (fibra)
Velocidade Anunciada Velocidade Máxima Velocidade Normalmente Disponível Velocidade Mínima
Download Upload Download Upload Download Upload Download Upload
3 Mbps(1) 256 kbps(1) 3 Mbps 256 Kbps 3 Mbps 256 Kbps 3 Mbps 256 Kbps
10 Mbps(1) 512 kbps(1) 10 Mbps 512 kbps 10 Mbps 512 kbps 10 Mbps 512 kbps
20 Mbps(1) 1 Mbps(1) 20 Mbps 1 Mbps 20 Mbps 1 Mbps 20 Mbps 1 Mbps
30 Mbps(1) 3 Mbps(1) 30 Mbps 3 Mbps 30 Mbps 3 Mbps 30 Mbps 3 Mbps
60 Mbps(1) 3 Mbps(1) 60 Mbps 3 Mbps 60 Mbps 3 Mbps 60 Mbps 3 Mbps
60 Mbps(1) 6 Mbps(1) 60 Mbps 6 Mbps 60 Mbps 6 Mbps 60 Mbps 6 Mbps
100 Mbps(1)(2) 10 Mbps(1)(2) 100 Mbps 10 Mbps 100 Mbps 10 Mbps 90 Mbps 10 Mbps
120 Mbps(1)(2) 10 Mbps(1)(2) 120 Mbps 10 Mbps 120 Mbps 10 Mbps 108 Mbps 10 Mbps
120 Mbps(2) 12 Mbps(2) 120 Mbps 12 Mbps 120 Mbps 12 Mbps 108 Mbps 12 Mbps
200 Mbps(1)(2) 15 Mbps(1)(2) 200 Mbps 15 Mbps 200 Mbps 15 Mbps 180 Mbps 15 Mbps
250 Mbps(2) 15 Mbps(2) 250 Mbps 15 Mbps 250 Mbps 15 Mbps 225 Mbps 15 Mbps
  • (1) Velocidades comercialmente descontinuadas;

    (2) Válido para zonas com cobertura Fibra/Docsis 3.0 dependendo da oferta comercial em vigor no momento da adesão.



Speedtest Vodafone: quais níveis do serviço de internet fixa da operadora?

Nos casos abaixo plasmados nos quais a velocidade internet mínima é igual à velocidade máxima e às demais velocidades, a Vodafone garante essa velocidade.

Por sua vez, a velocidade internet Vodafone de 1000 Mbps abaixo indicada corresponde à velocidade máxima efetivamente alcançável, com recurso à tecnologia identificada, na rede desta operadora. De salientar que, conforme descrito pela Vodafone, o atingimento do valor exato pelo utilizador estará dependente de um conjunto de fatores externos à operadora, tais como poderão ser características da interface de rede, do desempenho do equipamento e sistema operativo do cliente, do total de dispositivos que partilham a rede, entr outros.

A velocidade medida ou efetiva de transferência poderá ser diferente da velocidade medida de acesso uma vez que esta é afetada por um conjunto de fatores, entre os quais:
  • as características do equipamento utilizado, como poderá ser o computador ou o servidor, por exemplo;
  • as aplicações que o consumidor esteja a executar a cada momento;
  • o total de acessos simultâneos à rede;
  • a configuração da rede local do consumidor;
  • limitações da ligação com recurso a Wi-Fi;
  • desempenho dos dispositivos de acesso e respetivos sistemas operativos;
  • eventual existência antivírus ou firewall;
  • entre outros.

Para apurar velocidade de internet na Vodafone, conforme indicado pela operadora o utilizador deve proceder à realização de 20 séries medidas (5 medidas em 10 minutos), durante 24 horas, em intervalos iguais:
  • velocidade mínima - o menor valor das 20 séries de medidas no Speedtest Vodafone;
  • velocidade normalmente disponível - o segundo maior valor das 20 séries de medidas;
  • velocidade máxima - o maior valor das 20 séries de medidas.


Velocidade Internet Vodafone- Níveis de Internet Fixa (fibra)
Velocidade Anunciada
(Mbps)
Velocidade Máxima
(Mbps)
Velocidade Mínima
(Mbps)
Velocidade Normalmente Disponível
(Mbps)
Download Upload Download Upload Download Upload Download Upload
20 20 20 20 20 20 20 20
30 30 30 30 30 30 30 30
50 5 50 5 50 5 50 5
100 10 100 10 100 10 100 10
100 100 100 100 100 100 100 100
200 100 200 100 200 100 200 100
200 200 200 200 200 200 200 200
400 40 400 40 400 40 400 40
400 100 400 100 400 100 400 100
500 100 500 100 500 100 500 100
1 Gbps 100 1000 100 800 80 900 90
1 Gbps 200 1000 200 800 160 900 180


Netmede.pt: como proceder ao teste de velocidade da ANACOM

Através do netmede é possível confrontar a velocidade contratada face à velocidade de que realmente se usufruiu. Para tal, a ANACOM solicita aos consumidores que procedam à ligação do seu dispositivo de acesso à internet, sempre que possível, através de cabo ao router.

Caso o equipamento não o permite, por exemplo um smartphone, dever-se-á fazer o procedimento tendo o dispositivo o mais próximo possível do router Wi-Fi.

O supervisor pede aos consumidores que parem qualquer streaming ou download em andamento e que se evite estar a fazer qualquer tipo de utilização da internet, desligando-se inclusivamente aparelhos acessórios (como poderá ser uma smart TV), durante a realização do speedtest ANACOM.

Consoante a indicação da ANACOM, para velocidades superiores a 400 Mbps a medição deverá ser feita com recurso à aplicação NET.mede.
customerpromise.alt

Todos os pacotes TV Net Voz em Portugal

Para além de agregarmos e compararmos todas as ofertas existentes no mercado português, apresentamos também as características e vantagens de cada produto.
Desta forma, garantimos que os nossos utilizadores conseguem tomar uma decisão informada, beneficiando das melhores condições para o seu perfil e necessidades
Facilitamos todo o processo de análise e comparação do mercado ao permitir o acesso, de forma intuitiva e em menos de 1 minuto, a todos os custos e condições contratuais de cada solução.