Menu
Ligue
Ligue 211 165 765 Seg - Sex: 10h às 19h

Crédito para Obras e Mobiliário: remodele a sua casa com as taxas de juro mais baixas

Compare aqui
O ComparaJá.pt apresenta soluções de crédito pessoal com prazos entre 6 e 84 meses. A TAEG praticada difere consoante o perfil de cada cliente e a finalidade do empréstimo. Para um crédito pessoal de 5.000€ a 48 meses, com uma TAEG de 10%, as prestações mensais seriam de 126€, sendo o montante total imputado ao consumidor de 6.036€. Saiba no Banco de Portugal quais as taxas máximas permitidas para o 4º Trimestre de 2020. O ComparaJá.pt não é uma plataforma de prestação de serviços de aconselhamento profissional ou financeiro, estando a sua atividade centrada na comparação gratuita e imparcial de produtos de crédito, entre os quais Crédito Pessoal. Qualquer responsabilização por eventuais dados inexatos existente no nosso website não nos poderá ser imputada, devendo as informações veiculadas pelas instituições ou agentes financeiros prevalecer naqueles casos em que se verifiquem discrepâncias. Agradecemos uma leitura atenta dos nossos termos e condições, bem como da nossa política de privacidade.

Facilitamos a sua escolha ao agregar todas as ofertas existentes no mercado

Crédito Pessoal

Este tipo de financiamento, tal como o próprio nome indica, é especialmente dirigido a quem deseja fazer obras em casa e/ou remodelá-la e porventura adquirir mobiliário para o efeito.

Independentemente de se tratar de uma remodelação profunda ou mesmo de renovações numa só divisão, o empréstimo obras permite financiar todos os materiais de construção, mobílias e mão-de-obra necessária.
Dependendo do banco em questão, para se obter este empréstimo bancário pode ser necessário apresentar, à instituição financeira, o orçamento das obras que se pretende levar a cabo.

No entanto, antes de solicitar um crédito para obras, deve aferir se possui elegibilidade para tal. Esta varia consoante o credor, sendo determinante ter idade igual ou superior a 18 anos e sendo também importante ter residência em Portugal.

Há que reunir ainda a documentação essencial a qualquer pedido de empréstimo ao consumo e que normalmente abrange:

  • Documento de Identificação: Cartão de Cidadão (CC) ou Bilhete de Identidade (BI). Caso possua outra nacionalidade, deve ter consigo uma autorização de residência e o Cartão de Contribuinte, se não tiver Cartão de Cidadão;
  • Comprovativo de morada, que pode ser uma fatura de água, luz, telefone, entre outros;
  • Documentos que comprovem rendimentos: se for trabalhador por conta de outrem, deve apresentar recibos de vencimento dos últimos meses; se for sócio-gerente ou trabalhador por conta própria, deve apresentar a última declaração de IRS; e se já for reformado deve enviar o último comprovativo de reforma;
  • Comprovativo de IBAN (International Bank Account Number): cópia de talão do multibanco com IBAN ou comprovativo de IBAN conseguido através do site do banco.

Note que os bancos têm acesso a um relatório com o seu histórico de crédito por forma a fazerem a análise de risco necessária para decidirem se avançam com o seu processo. Portanto, para além dos documentos acima referidos, manter um bom historial de crédito e demonstrar capacidade de reembolsar o empréstimo são fatores cruciais para assegurar que o seu pedido é aprovado.

Após recorrer ao crédito obras através do simulador do ComparaJá.pt e proceder à submissão do pedido de crédito pessoal, o cliente verá a sua solicitação analisada e receberá as condições que várias instituições bancárias estão a oferecer em Portugal. Após selecionar o banco que lhe oferece as melhores condições, o cliente receberá o montante solicitado em aproximadamente 48 horas. Entretanto contará com o apoio de toda a equipa especializada do ComparaJá.pt, que o ajudará a tomar a melhor decisão para o seu caso específico.
Há várias instituições no mercado que oferecem crédito para obras e mobiliário. Por exemplo: pode recorrer ao produto Cofidis Crédito Pessoal, ao Cetelem Crédito Pessoal, ao Crédito Pessoal Santander ou até ao Crédito obras Novo Banco. No entanto, é aconselhável que analise sempre todas as alternativas para garantir que encontra a melhor TAEG e as melhores condições para o seu perfil – é uma questão de fazer várias simulações e comparar todo o mercado.
Se quer fazer remodelações em casa e precisa de um financiamento para o ajudar a suportar os custos, é essencial analisar as condições de empréstimo apresentadas por cada banco. O crédito lar e recheio da Cofidis oferece um financiamento máximo de 50.000€ e o prazo de reembolso pode oscilar entre 24 e 120 meses. O produto da Cetelem para remodelar a sua casa oferece o mesmo montante máximo de empréstimo, mas o período de amortização varia entre os 12 e os 120 meses. Quanto ao Santander, este banco dispõe três modalidades de empréstimo pessoal:

  • Crédito Pessoal: disponível para qualquer finalidade, incluindo obras, apresenta uma taxa fixa o que se traduz numa prestação mensal exata. Quanto ao montante de financiamento, este pode variar entre 5.000€ e os 50.000€, sendo que o prazo de reembolso pode ir dos 2 até aos 8 anos;
  • Crédito Pessoal 123: esta opção é exclusiva para clientes do Mundo 123 e contempla uma série de vantagens, entre as quais uma taxa de juro promocional nos primeiros 12 meses de contrato de empréstimo. Neste produto, tanto o valor do crédito como o período de pagamento são idênticos à modalidade anterior;
  • CrediSIMPLES: é uma solução exclusiva para pedidos efetuados na app Santander ou no NetBanco Particulares do banco. Por se tratar de uma opção online, pode ser solicitada em qualquer altura do dia e lugar. O valor do crédito oscila entre os 2.500€ e os 25.000€ e os prazos de pagamento podem variar entre os 2 e os 6 anos.
Caso opte pelo crédito obras Novo Banco uma das seguintes soluções, cuja diferença prende-se com o montante de financiamento solicitado:

  • Crédito Pessoal Essencial: tal como a designação sugere, esta solução serve apenas para pequenas intervenções em casa, já que os montantes disponibilizados variam entre 2.000 e os 4.999€. Quanto ao período de amortização, este pode oscilar entre os 6 e os 60 meses;
  • Crédito Pessoal Flexível: neste caso os montantes de financiamento são mais alargados, podendo optar por um montante entre os 5.000€ e os 30.000€. Já os prazos de pagamento são idênticos à modalidade anterior, entre 6 e os 60 meses.
Além dos produtos supramencionados, existem outras instituições que também oferecem soluções de crédito para realizar obras em casa. Consulte toda a oferta do mercado para que possa conseguir as melhores condições de financiamento.
Existem dois tipos de crédito para obras:
  • Crédito habitação e obras: este é um empréstimo com garantia hipotecária. Neste tipo de financiamento o consumidor pode solicitar um empréstimo para comprar casa e juntar, a este mesmo crédito, um empréstimo para fazer obras nessa mesma residência. O maior benefício deste tipo de crédito é o facto de normalmente possuir taxas de juro mais baixas e prazos de reembolso mais longos;
  • Crédito pessoal obras: trata-se de um crédito ao consumo tradicional, envolvendo menos burocracia e cujo processo de aprovação não é tão complexo como o de crédito habitação e obras. Todavia, normalmente este tipo de empréstimo possui taxas de juro mais elevadas e um prazo de reembolso menos alargado, o que naturalmente poderá resultar numa prestação mensal mais elevada para o consumidor.
customerpromise.alt

Consiga as melhores condições no Crédito Pessoal

Para além de agregarmos e compararmos todas as ofertas existentes no mercado português, apresentamos também as características e vantagens de cada produto.
Desta forma, garantimos que os nossos utilizadores conseguem tomar uma decisão informada, beneficiando das melhores condições para o seu perfil e necessidades
Facilitamos todo o processo de análise e comparação do mercado ao permitir o acesso, de forma intuitiva e em menos de 1 minuto, a todos os custos e condições contratuais de cada solução.