Qual o melhor cartão para dar aos seus filhos?

|Posted by | Cartão de Crédito, Lifestyle, Todos os Artigos
Tags: , , , , ,

Cartões
É comum dizer-se que a educação começa em casa e nisto a educação financeira não é exceção. Educar os filhos passa também por lhes transmitir hábitos de poupança e planeamento, pois só assim podem vir a ser adultos responsáveis com o seu próprio dinheiro.

Quem não se lembra das mesadas que os nossos pais nos davam? Muitos de nós ainda a receberam no “velhinho” escudo e em “dinheiro vivo”. Contudo, os tempos mudaram. E com as mudanças nos tempos vieram também mudanças tecnológicas. Com o uso cada vez mais acentuado de cartões (pré-pagos ou de débito) importa colocar os nossos filhos em contacto com essa realidade.

Duas opções em cima da mesa: Cartões pré-pagos vs Cartões de débito

Há dois tipos de cartões que podem ser ideais para jovens, uma vez que exigem responsabilidade ao utilizador mas ao mesmo tempo permitem um controlo por parte dos pais. Mas quais as vantagens e desvantagens de cada um?

Cartão Pré-Pago

Neste tipo de cartão apenas tem que carregar o cartão com determinado valor, formando assim o saldo desejado. A vantagem é que não precisa de ter conta associada ao mesmo. No entanto, é necessário ter em atenção as várias taxas que esta opção pode exigir (manutenção, carregamento e afins).

No que diz respeito a cartões pré-pagos pode escolher o Cartão Millennium bcp Free Júnior, o Cartão Pré-Pago Pocket NB do Novo Banco, o Cartão Mesada do Santander Totta ou o Cartão Pré-Pago LOL da Caixa Geral de Depósitos.

Cartão de Débito

Neste caso, o cartão está associado a uma conta corrente ou conta poupança. Se desejar entrar numa lógica de mesada, esta é opção mais apelativa e assim habitua o seu filho a gerir o dinheiro mensal que entra na sua conta. Não haverá melhor maneira de prepará-lo para o futuro. Normalmente são contas em que se exigem montantes mínimos reduzidos para abertura, o que possibilita aos pais começarem com pequenos valores para fazer com que os filhos aprendam a gerir aos poucos. Contudo, tenha em atenção que estas contas têm custos de manutenção e o melhor mesmo é informar-se junto do banco escolhido.

Aqui pode optar por vários cartões, desde o Cartão de débito Megacartão Jovem da Caixa Geral de Depósitos, ao Cartão Especial Jovem do Montepio, passando pela Conta Jovem 13-25 do BPI que dá acesso a cartão de débito.

O que precisa para aceder a estes cartões?

Para poder optar por este tipo de cartões, normalmente os bancos exigem uma idade mínima para a criança que pode ser entre os 12 ou 13 anos. E, claro, se não tiver maioridade jurídica ainda precisará de ser representado legalmente por alguém maior de idade que, normalmente, são os próprios pais.

Alguns benefícios oferecidos por estes cartões

Veja abaixo algumas vantagens associadas a um cartão pré-pago ou de débito:

  • Alguns dos cartões oferecem descontos em cinemas, eventos culturais, viagens, entre outros.
  • Facilidades no acesso a crédito formação com taxas competitivas para apostar na educação superior.
  • Alguns oferecem pacotes de seguros que protegem contra gastos abusivos do cartão.
  • Certos cartões estão isentos de anuidades e de algumas taxas caso o titular ou os pais e tutores possuam outra conta (por exemplo Conta Ordenado) no respetivo banco.

Os bancos estão sempre com promoções dirigidas aos mais novos. Afinal, é preciso atrair os clientes do futuro. Portanto, o melhor é estar atento aos novos produtos que surgem, sejam eles cartões pré-pagos, de débito ou de crédito. As vantagens de cada um estão aí para comparação.

Henrique Figueiredo

Sobre Henrique Figueiredo

Formado em Ciências da Comunicação e especializado em Ciência Política, o Henrique iniciou a sua carreira em jornalismo, tendo depois estado envolvido em diferentes projetos nas áreas de Comunicação e e-Commerce. Acredita que na poupança está o ganho e, nesse sentido, quer apoiar os portugueses na rentabilização das suas decisões financeiras.

Comentários