Cartão de crédito virtual: para que serve e como criar?

|Posted by | Cartão de Crédito, Todos os Artigos
Tags: , , ,

cartão de crédito virtual

Sabia que criar um cartão de crédito virtual é uma funcionalidade acessível a qualquer utilizador de Internet? Mesmo que já possua um cartão de crédito físico que costuma usar para as suas compras, pode sempre aceder a este tipo de cartões em caso de emergência e fazer pagamentos online a partir do seu computador, smartphone ou tablet.

O que é um cartão de crédito virtual?

Um cartão de crédito virtual consiste num cartão temporário que pode ser criado online (nunca chegando a ser um cartão físico) para efetuar transações nacionais ou internacionais (ou seja, tanto em websites portugueses como estrangeiros) com segurança.

Este cartão fica associado à conta bancária à ordem do utilizador, mas, porém, tem uma validade temporária, o que significa que os seus dados desaparecem ao fim de algum tempo.

E se até já detém um cartão de crédito, tem a certeza de que o mesmo inclui todas as vantagens de que poderia estar a beneficiar – tais como milhas aéreas, pontos, descontos ou até cashback?

Quais as vantagens?

Para quem é fã de compras online, um cartão de crédito (seja físico ou um cartão de crédito virtual) é praticamente indispensável para poder pagar as suas compras na Internet.

Embora os sites de e-commerce estejam cada vez mais aprimorados no que à segurança dos utilizadores toca, a verdade é que para fazer compras online existe sempre algum receio de se estar a dar tantas informações financeiras relativas ao cartão de crédito.

Uma das formas de evitar possíveis fraudes consiste na criação de um cartão de crédito virtual, uma vez que desta forma nunca fornecerá ao comerciante os dados do seu cartão real e os limites de utilização destes cartões encontram-se pré-definidos por si.

Uma vez que até pode criar um cartão virtual por cada pagamento que precisar de fazer, torna-se mais fácil prevenir fraudes com um cartão de crédito virtual.

Para além de todos estes benefícios, cabe salientar ainda que este serviço não tem custos.

Como fazer um cartão de crédito virtual?

Desde logo, precisa de estar registado no MB Net. Com este serviço, pode criar cartões virtuais facilmente a partir da app MB Way e pagar desta forma em qualquer website que aceite pagamentos das redes Visa, Mastercard ou American Express.

Detendo então a aplicação MB Way, conecte-se à mesma e carregue na opção “MB NET Gerar cartão”. Irá depois ser confrontado com duas opções: a de gerar um “cartão de compra única” – cuja validade é de um mês e servirá somente para uma única compra – ou um “cartão comerciante” – cuja validade se pode estender até um ano e permite efetuar várias transações, mas, todavia, apenas num único comerciante.

De seguida, terá de indicar o montante máximo que precisa de ter no cartão (e note que este valor terá sempre de ser igual ou superior a 5 euros) e, no caso de ter optado pelo “cartão comerciante”, terá de definir qual a validade que pretende para o mesmo.

Depois ser-lhe-á solicitado o seu PIN MB Way e, após este passo, aparecerá, no ecrã do seu dispositivo, os dados do cartão de crédito virtual MB Net (ou seja, o número do cartão de crédito, a data de validade e os códigos CVV2 / CVC2) para que possa então finalizar o pagamento das suas compras online.

Tenha atenção:

Através da app MB Way pode usar o serviço MB Net com os cartões de débito e de crédito que já possui, não sendo obrigatório criar cartões virtuais para este efeito.

Mesmo que continue a usar o seu cartão de crédito físico para as compras online (e note que muitos cartões possuem benefícios associados à sua utilização e por isso vale a pena usar), pode sempre alternar os seus pagamentos com um cartão de crédito virtual como medida de segurança adicional.

Nair Dos Santos

Sobre Nair Dos Santos

Especializada em Economia Internacional, a Nair iniciou o seu percurso profissional em Marketing Institucional. Alia a sua criatividade ao universo financeiro com o objetivo de ajudar os portugueses a melhorar a sua literacia financeira e contribuir para o desenvolvimento de uma economia sustentável.

Comentários