Taxa gasolineira: descubra este custo oculto dos cartões de crédito

|Posted by | Cartão de Crédito, Todos os Artigos
Tags: , , ,

taxa-gasolineira

Sabia que, em Portugal, aproximadamente apenas três em cada 10 cartões de crédito não cobram taxa gasolineira? Por muito que um cartão não tenha anuidade, poderá sempre ter outras despesas associadas. Descubra todos os custos ocultos que o seu cartão poderá ter e, em particular, em que consiste a taxa gasolineira e se haverá forma de evitá-la.

Ao tentar escolher o melhor cartão de crédito, esta pesquisa deve ser feita essencialmente através dos benefícios do cartão, da mesma forma que deve conhecer todas as comissões e taxas do mesmo.

Para uma pessoa que viaja muito (seja em trabalho ou lazer), ter um cartão que permita acumular milhas aéreas é uma mais-valia, da mesma forma que o cashback (devolução de uma percentagem dos gastos efetuados) é uma das características mais apelativas para quem faz muitas compras com recurso a este método de pagamento.

Se, por um lado, é fácil prestar atenção à anuidade (mais propriamente designada por “comissão de utilização”) e à TAEG de um cartão de crédito, por outro lado, existe um conjunto de despesas que muitos cartões podem ter e das quais o consumidor nem se apercebe. Vejamos quais.

Que custos se podem encontrar “escondidos” nos cartões de crédito?

Taxa gasolineira

A taxa gasolineira – que normalmente tem o valor de 50 cêntimos – é cobrada se se utilizar o cartão de crédito para pagar combustível em postos de abastecimento (o que não acontece se este pagamento for efetuado com um cartão de débito).

Custo de não utilização mensal/inatividade

Esta despesa refere-se a comissões de inatividade que, como o próprio nome indica, possam existir devido ao facto de o consumidor não fazer quaisquer operações com o cartão de crédito.

Porque é que este custo existe? Basicamente, ao cobrarem este valor, as instituições financeiras procuram compensar o facto de não estarem a ganhar com os juros que seriam cobrados se o consumidor dispusesse deste método de pagamento.

É possível ter isenção dos custos de inatividade?

Nem todos os cartões de crédito cobram pela não utilização. Além disso, em alguns casos, este custo encontra-se associado à anuidade: alguns cartões só cobram a anuidade se o cliente não lhes der uso.

Comissões de crédito em linha

Esta funcionalidade, que nem todos os cartões de crédito possuem, consiste em transferir o saldo do cartão de crédito para a conta à ordem associada, funcionando como uma espécie de crédito extra ao plafond mensal. Normalmente, esta operação possui um custo que varia conforme a instituição financeira.

Cash advance

Levantar dinheiro no Multibanco é algo que a maior parte das pessoas faz no seu quotidiano. Sabia que esta operação pode ter custos se for realizada com o cartão de crédito em vez de ser com o de débito?

Se levantar dinheiro com o cartão de crédito – funcionalidade designada por cash advance –, pode, dependendo do cartão e da instituição financeira, ter de pagar uma comissão, que se tornará ainda mais elevada se esta operação for realizada fora do Espaço Económico Europeu.

Custos de pagamento no estrangeiro

E se levantar dinheiro na União Europeia pode ter custos elevados, o mesmo se pode dizer de realizar pagamentos no estrangeiro, fora deste espaço, aos quais é aplicada uma comissão de serviço de operações bancárias.

Existe alguma forma de evitar a taxa gasolineira?

Se porventura lhe daria mais jeito usar o cartão de crédito para abastecer a sua viatura, de forma a pagar apenas nos 20 ou 50 dias sem juros após a operação, há que mencionar, desde logo, que alguns cartões de crédito (tais como os da WiZink, Bankintercard, cartão de crédito Cofidis ou o cartão de crédito Puzzle, por exemplo) isentam o consumidor da taxa gasolineira.

Da mesma forma, alguns cartões, para além de isentarem desta taxa, ainda oferecem descontos diretos em postos de abastecimento, como é o caso, a título exemplificativo, do Cartão Mundo 123 do Santander, com 12 cêntimos por litro em combustíveis Repsol, ou do BP Powerplus, com vales de desconto de 6% nos abastecimentos efetuados na BP em Portugal e que reembolsa a taxa gasolineira. É uma questão de comparar os benefícios e ver se compensa.

Com todos estes custos que podem estar ocultos, alguns cartões de crédito podem acabar por não ser totalmente gratuitos, mesmo que não cobrem uma comissão de disponibilização (comummente conhecida como anuidade). Ao ter noção das taxas e comissões – que, no fundo, parecem estar escondidas quando realizamos uma série de operações com o cartão de crédito -, poderá poupar significativamente.

Nair Dos Santos

Sobre Nair Dos Santos

Especializada em Economia Internacional, a Nair iniciou o seu percurso profissional em Marketing Institucional. Alia a sua criatividade ao universo financeiro com o objetivo de ajudar os portugueses a melhorar a sua literacia financeira e contribuir para o desenvolvimento de uma economia sustentável.

Comentários