Cancelar cartão multibanco: como fazer?

|Posted by | Cartão de Crédito, Todos os Artigos
Tags: , , ,

como-cancelar-cartao-de-credito

Podem ser muitas as razões que levam a cancelar um cartão multibanco. Mas saberá como proceder na hora de o fazer? Damos a conhecer em que situações pode ser necessário cancelar o seu cartão e explicamos como deve proceder.

A necessidade de cancelar um cartão multibanco pode advir do facto de já não necessitar de utilizar a conta bancária associada ou porque, simplesmente, adquiriu um cartão de crédito em alternativa e decide desfazer-se do de débito.

Num cenário um pouco mais sério, a necessidade de cancelar um cartão multibanco pode ainda dever-se a perda, roubo ou extravio do mesmo.

Em qualquer dos casos, é importante que saiba como deve proceder para efetuar o cancelamento do seu cartão.

Cancelar cartão multibanco: como proceder?

Em caso de desistência do cartão

No caso de querer cancelar um cartão multibanco por já não utilizar a conta bancária a este associada ou porque, simplesmente, tem um cartão alternativo, basta que se dirija ao balcão do banco e peça o fecho de conta ou o cancelamento do cartão.

Pode, também, ligar para a linha de apoio da sua instituição bancária a efetuar o pedido de cancelamento. A informação sobre o número a contactar encontra-se no contrato de abertura da sua conta.

Note que deverá fazer-se acompanhar do respetivo cartão para que possa ser feito o cancelamento.

Atualmente existem bancos que permitem cancelar um cartão multibanco através da sua app ou do homebanking, tornando o processo ainda mais simples.

Em caso de perda, roubo ou extravio

Caso o motivo do cancelamento se prenda com o facto de ter perdido o seu cartão multibanco, ou este ter sido roubado ou extraviado, deve ligar, de imediato, para a rede de atendimento do seu banco.

Desta forma, o seu cartão será bloqueado e qualquer atividade com este efetuada deixa de ser da sua responsabilidade.

Pode ainda ligar para o número de apoio da SIBS (808 201 251, caso resida em Portugal, e 00 351 217 918 780, caso se encontre no estrangeiro), disponível 24 horas por dia.

Ao efetuar a chamada, deve ter consigo o número do cartão extraviado, o NIB ou o número da conta à ordem que está associada ao cartão.

Cartão de débito ou cartão de crédito?

Qualquer que seja a razão pela qual optou por cancelar o seu cartão de débito, deve ter outras alternativas para efetuar compras e pagamentos.

Uma das alternativas, e que pode ser a mais atrativa, é a aquisição de um cartão de crédito.

Para além de lhe proporcionar todas as comodidades de pagamento que um cartão de débito proporciona, ainda lhe pode trazer diversas outras vantagens, tais como cashback, milhas aéreas, pontos e descontos.

Se for cauteloso na sua utilização e efetuar os pagamentos do cartão de crédito a 100%, evita os custos acrescidos das taxas de juro e pode tirar partido de certas vantagens que um cartão de débito não tem.

 

Cuidados a ter com o cartão

Os cuidados aqui sugeridos aplicam-se a ambos os tipos de cartões (de crédito e de débito), para que faça uma gestão mais controlada dos mesmos.

1. Assine sempre os seus cartões no verso, no devido local, e preocupe-se em mantê-los afastados de objetos metálicos para não se desmagnetizarem.

2. Tenha em atenção os prazos. Pode acontecer que o banco se atrase no envio do seu novo cartão, após o antigo passar a data de validade. Caso isso aconteça, avise a instituição do sucedido para evitar ficar muito tempo sem cartão.

3. Verifique o extrato e os movimentos do seu cartão com regularidade para se certificar que tudo vai ao encontro da utilização que lhe dá.

4. Danifique a banda magnética ou destrua o cartão após ultrapassar o prazo de validade, assim garante definitivamente que este fica inutilizável.

5. Guarde todos os documentos do cartão (i.e. contrato de abertura de conta) num sítio seguro e que facilmente se recorde, para ter sempre à mão caso precise.

6. Memorize o PIN e deite fora qualquer documento onde possa constar este número.

Plano de proteção de cartões

Hoje em dia, algumas entidades emissoras de cartões de crédito já oferecem a possibilidade de contratar um plano de proteção de cartões para o salvaguardar face a estas situações.

Na sua generalidade, estes planos oferecem proteção e assistência em caso de perda ou furto dos seus cartões de crédito ou débito e são ainda extensíveis a outro tipo de bens, tais como chaves de casa e documentos pessoais, tanto em Portugal como no estrangeiro.

É possível aderir a um Plano de Proteção de Cartões através da CPP (Card Protection Plan). Esta adesão é feita à parte do banco através do número de telefone +351 213 228 228.  Após o seu contacto, esta entidade enviar-lhe-á uma proposta e, assim que confirmada, ficam ativas as proteções contratadas no Plano de Proteção.

Este plano funciona como um seguro e pode ser contratado independentemente do tipo de cartão que tiver.

 Quais os benefícios deste serviço?

  • Proteção total de todos os cartões em caso de furto, perda ou extravio dos mesmos;
  • Acompanhamento personalizado 24 horas, 365 dias por ano;
  • Cancelamento automático de todos os cartões;
  • Substituição imediata dos cartões perdidos ou extraviados;
  • Assegura todos os custos de emissão de novos cartões.

E quando precisar de acionar o plano, o que fazer?

Imagine que lhe roubaram o cartão e que precisa de colocar o Plano de Proteção ativo.  Basta contactar o 800 242 628 se for residente em Portugal ou o +351 707 780 020 se for residente no estrangeiro, a qualquer hora do dia (a linha está disponível 24 horas).

Mediante receção da chamada, a CPP encarrega-se de contactar imediatamente todas as entidades emissoras dos seus cartões para garantir o cancelamento com a maior celeridade possível.

No seguimento desse contacto, é-lhe ainda esclarecido como pode proceder ao reembolso dos custos de cancelamento e emissão dos novos cartões bancários.

Caso tenha sofrido furto ou extravio de documentos pessoais, também a CPP garantirá a emissão de novos e enviá-los-á para a sua morada.

Anaísa Gonçalves

Sobre Anaísa Gonçalves

Anaísa Gonçalves, formada em Comunicação Social e Jornalismo, é apaixonada pela escrita desde criança. É esta a paixão que a inspira a escrever e educar os portugueses para um conhecimento financeiro mais rico e contribuir para que façam as escolhas adequadas.

Comentários