Central de Responsabilidades de Crédito: o que acontece quando entra em incumprimento?

|Posted by | Crédito Pessoal, Todos os Artigos
Tags: , , ,

Central de Responsabilidades de Crédito: o que Acontece Quando Entra em Incumprimento?

A Central de Responsabilidades de Crédito é gerida pelo Banco de Portugal e agrega uma base de dados sobre a situação de crédito dos clientes das instituições bancárias. Esta base de dados é atualizada com a informação de crédito dos clientes, que as entidades credoras são obrigadas a comunicar ao Banco de Portugal.

E porque é que existe uma Central de Responsabilidades de Crédito?

Quando um banco recebe uma solicitação de crédito, precisa de informação sobre o risco que estará a assumir se o conceder. Ao consultar a Central de Responsabilidades de Crédito, a entidade credora tem acesso ao “cadastro” do potencial cliente, podendo assim avaliar se deve ou não prestar o crédito.

Mas não são apenas as instituições de crédito que podem consultar a central. Também o cliente pode fazê-lo e convém que o faça com alguma regularidade. De facto, basta deixar de pagar as prestações ao banco e ficará lá registado como estando em incumprimento – mas quais serão as consequências de se encontrar nesta situação?

Quando contrai um crédito, acorda com a instituição financeira o valor e o prazo das prestações que deve. A verdade é que as coisas nem sempre correm como queremos; seja por uma situação inesperada ou até por acumulação de vários créditos que não é possível reembolsar, o pagamento do empréstimo acaba não sendo realizado atempadamente. Assim, vão acrescendo juros de mora, inflacionando exponencialmente o montante em dívida.

Então, o que fazer quando a situação sai do nosso controlo?

Em primeiro lugar, deve ser honesto consigo próprio e reconhecer que não vai conseguir sair dessa situação sozinho. Deve então contactar o banco e renegociar os montantes e prazos das prestações. Se tiver vários créditos em dívida, poderá eventualmente recorrer a um crédito consolidado.

E se eu não agir, o que acontece?

O banco entrará em contacto consigo para lhe dar conta de que está em atraso no pagamento das prestações que deve. Esta pode ser uma oportunidade para renegociar o crédito ou considerar a consolidação.

Acontece que muitas vezes este contacto não é bem-sucedido. Seja por alteração de morada e/ou contacto, ou por se tratar de uma dívida de um cartão de crédito que já nem se lembra que existia, é muito fácil que esta situação passe ao lado.

E, enquanto acha que está tudo regularizado, o banco poderá estar a contactar o Banco de Portugal para indicar que está a ocorrer incumprimento da sua parte. Por isso, se é titular de um ou mais cartões de crédito ou se tem créditos em dívida, convém que se mantenha alerta, verificando regularmente a sua situação na Central de Responsabilidades de Crédito.

Se verificar o seu registo e dele constar “Vencido” como na imagem abaixo, significa que está em incumprimento.

vencido

A primeira alternativa que tem é saldar a dívida que tem. A Central de Responsabilidades de Crédito atualiza a sua base de dados mensalmente, pelo que poderá ter de esperar que ocorra a comunicação ao Banco de Portugal por parte da instituição financeira para deixar de se encontrar em incumprimento.

Após a comunicação, ainda terá de aguardar até se dar a atualização da base de dados para a sua situação encontrar-se regularizada.

No entanto, dificilmente conseguirá contrair crédito até terminar de pagar o empréstimo em causa. Através da Central de Responsabilidades de Crédito, qualquer instituição bancária saberá que esteve em situação de incumprimento através do termo “Renegociado” na sua situação de crédito e o mais provável é evitar conceder-lhe crédito, por precaução.

renegociado

Se, por outro lado, o cliente e a entidade credora conseguirem chegar a  um acordo antes de a situação de incumprimento ser comunicada ao Banco de Portugal, e se o cliente pagar o valor em dívida até então, não haverá consequentemente qualquer alteração na Central de Responsabilidades de Crédito. Isto significa que, “aos olhos” do Banco de Portugal, nada ocorreu e a situação do cliente bancário manter-se-á inalterada na Central de Responsabilidades de Crédito.

Assim que terminar o reembolso, a situação de incumprimento retorna a “Regular” ou a “Potencial”, no caso do cliente ter um crédito à sua disposição mas não o utilizar.

potencial_regular

Como é que acedo à Central de Responsabilidades de Crédito?

O acesso é simples, basta que aceda à página da Central de Responsabilidades de Crédito. Deverá ter o seu NIF e a senha das finanças ou, em alternativa, o seu Cartão de Cidadão, o respetivo código PIN e um leitor eletrónico próprio para o efeito.

Catarina Maia

Sobre Catarina Maia

Formada em Comunicação Social e Cultural com especialização em Jornalismo, a Catarina continuou os estudos na área da Comunicação Organizacional e Liderança, iniciando depois o seu percurso profissional em marketing digital. Quer fazer a diferença ao contribuir para um maior entendimento das finanças pessoais. Hoje, os portugueses; amanhã, o mundo.

Comentários