Como fazer um orçamento natalício para poupar nesta quadra?

|Posted by | Lifestyle, Todos os Artigos
Tags: , , , , ,

orçamento natalício

O mês de dezembro é sempre bastante atribulado. Vivemos numa correria – entre comprar os presentes de Natal e enfeitar a casa para que esteja tudo pronto a tempo e horas –, sendo fácil esquecermo-nos de controlar os gastos nesta quadra. Para facilitar a sua vida preparámos, especialmente para si, um modelo de orçamento natalício para que não perca o fio à meada nesta época.

Primeiro que tudo: prepare o seu orçamento natalício

A organização é chave, por isso a nossa primeira dica é que prepare uma lista com todos os gastos que prevê ter no mês de dezembro, para além das despesas fixas que tem nos restantes meses do ano, e atribua o montante que estima gastar em cada um dos itens da lista.

Comprar os tradicionais presentes natalícios para amigos e família, decorar a casa ou mesmo preparar refeições especiais pode acarretar custos superiores do que os que estava à espera. Felizmente, não precisa de chegar a janeiro a “nadar” em dívidas para ter um dezembro cheio do espírito que época envolve.

De forma a tornar esta organização mais fácil, preparámos um orçamento natalício num ficheiro excel para ajudar a detalhar os eventuais gastos que vai ter, sem que se esqueça de nada, e de modo conseguir poupar nesta quadra.

Em segundo lugar: meter as “mãos na massa”

Agora que já tem tudo a postos, é tempo de passar à ação e implementar medidas de poupança para manter-se fiel ao orçamento que estipulou.

#1 – Compre pela Internet

A menos de um mês do Natal, as ruas e os centros comerciais já se enchem de pessoas à procura de mais uma prenda para a tia, avô ou vizinho, mas porque não evitar a confusão?

Opte por pesquisar primeiro os vários produtos online para comparar preços e, quem sabe, usufruir da promoção especial que apenas está em vigor para quem encomenda pela Internet. Verá que poupa tempo, dinheiro e uma quantidade considerável de nervos.

Não se esqueça ainda, caso acabe por fazer as suas compras online, de manter o seu cartão em segurança. É muito importante que verifique a veracidade do site para não correr nenhum risco de fraude. Para tal, sempre que aceder a determinado website, averigue se o mesmo tem a indicação “https” no início do URL, pois tal significa que os seus dados são encriptados.

#2 – Usufrua dos benefícios dos seus cartões

Não é só em compras online que pode apanhar promoções. Se prefere viver o espírito natalício a 100% e gosta de ir até às lojas na baixa fazer as suas compras, também pode usufruir de descontos e outros benefícios se usar o seu cartão de crédito para efetuar os pagamentos.

Ao comprar um produto e pagar com cartão de crédito pode angariar pontos que se traduzirão em descontos no futuro. Para usufruir deste benefício, comece por verificar as lojas mais perto da sua zona que têm parceria com a instituição financeira emissora do seu cartão, bem como os respetivos descontos.

Para além dos pontos, existem cartões com cashback. Trata-se de um benefício através do qual consegue obter de volta uma percentagem do montante que gasta com o cartão, diretamente para a sua conta.

Existem ainda outras formas de poupar algum dinheiro nesta quadra e de manter o seu orçamento natalício nos conformes. Por exemplo, os cartões de crédito de lojas podem dar descontos e outras vantagens em hipermercados, lojas de roupa, de tecnologia, de decoração e mobiliário e também no setor automóvel. Se é da “equipa” dos cartões de fidelização, não se esqueça de dar uso aos que tem na carteira.

#3 – Aproveite o subsídio de Natal

Por último, não se esqueça do subsídio de Natal. Se não o recebe em duodécimos, dezembro foi o mês de esfregar as mãos e ter direito a este rendimento extra que acaba por contribuir para alargar um pouco o orçamento natalício que tem disponível. Não descure este “miminho” e aproveite-o para manter as finanças em ordem nesta altura do ano.

Estas são pequenas práticas que pode adotar na época natalícia para que as despesas que esta quadra exige não pesem demasiado no seu orçamento familiar e possa desfrutar do Natal descontraidamente. 

Se passar esta época com distinção e, para além de respeitar o orçamento que inicialmente estipulou, ainda conseguir que lhe sobre algum dinheiro, não deixe de aproveitar a oportunidade para reforçar a sua poupança ou até fazer um depósito a prazo

Anaísa Gonçalves

Sobre Anaísa Gonçalves

Anaísa Gonçalves, formada em Comunicação Social e Jornalismo, é apaixonada pela escrita desde criança. É esta a paixão que a inspira a escrever e educar os portugueses para um conhecimento financeiro mais rico e contribuir para que façam as escolhas adequadas.

Comentários