Menu
Ligue
Ligue 211 165 765 Seg - Sex: 10h às 19h
Painéis Solares
Vamos ajudá-lo a comparar, de forma rápida e gratuita, as várias soluções de Energia Solar para uso doméstico ou empresarial.
checkmark
Oferecemos os melhores preços do mercado
checkmark
Adira gratuitamente online, de forma simples e rápida

Conheça as vantagens de instalar um sistema fotovoltaico

Globo

Protege o meio ambiente

Os painéis produzem eletricidade sem poluir

Poupança

Reduz os custos com energia

Com painéis solares pode gerar energia de forma independente e não precisa de consumir tanta energia da rede

Casa

Aumenta o valor da sua casa

Ao instalar um sistema fotovoltaico pode aumentar a classe de eficiência energética e o valor da sua casa

Leia os últimos artigos do blog

Mantenha-se a par das mais recentes novidades do mundo financeiro e das melhores dicas de poupança.

Perguntas frequentes
O que são Painéis Solares?
Os Painéis Solares são equipamentos utilizados para converter a energia solar em energia elétrica. Para tal, são constituídos por células de materiais semicondutores que convertem a luz do sol em eletricidade.

A quantidade de eletricidade produzida depende, entre outros fatores, do grau de intensidade dos raios solares, o que varia consoante a hora do dia e as estações do ano. Por isso, para uma maior produção de energia elétrica, estes painéis devem ser instalados em regiões soalheiras.

Numa situação de ausência de sol ou de insuficiente produção de energia elétrica, a utilização de eletricidade será feita com recurso à Rede Elétrica.
Onde podem ser instalados os Painéis Solares?
Os Painéis Solares são habitualmente instalados no telhado de uma moradia ou num terreno, podendo também ser instalados em quintais ou terraços, caso permitido, desde que no local não exista sombreamento.

É proibida a instalação de Painéis Solares em locais com contadores provisórios (ex.: de obras), pelo que a contratação deve ser feita somente após o contador definitivo estar instalado.
Quais os tipos de Painéis Solares disponíveis?
Monocristalinos – Têm células de maiores dimensões e de constituintes nobres (ex.: diamante), exibindo maiores coeficientes de eficiência energética. Por serem mais complexas, as técnicas de produção são mais caras, o que se reflete no preço final.

Policristalinos – Têm células de menores dimensões e de constituintes menos nobres (ex.: cobre e ferro), exibindo um rendimento inferior ao dos Painéis Monocristalinos. Por apresentarem um custo de produção inferior, este tipo de Painéis tem vindo a ganhar popularidade.

Bifaciais – Contêm duas faces de células capazes de produzir eletricidade, estando a superior diretamente virada para o sol e tendo a inferior o propósito de aproveitar a radiação indireta refletida do local de instalação do painel.

Outros – Existem outros tipos de Painéis Fotovoltaicos, como por exemplo, os Painéis Thin-film — que têm células muito finas que podem ser integradas noutros componentes, como vidros, telhas, alvenaria e outros, permitindo que estas soluções construtivas passem a produzir energia elétrica.

Quais as Principais vantagens dos Painéis Solares?
  1. Poupança no Consumo:

  2. Ao produzir eletricidade de forma gratuita durante o dia através de um Painel Solar, parte das necessidades energéticas de uma casa são satisfeitas, reduzindo a dependência do consumo de energia da Rede Elétrica e assim, poupa na fatura de energia. O valor da poupança varia consoante o aproveitamento da eletricidade gerada pelos painéis, que por sua vez, depende do padrão de consumo de eletricidade de cada habitação.

  3. Eletricidade Verde

  4. A Energia Solar é uma opção sustentável, dado que é uma fonte de energia renovável, verde e silenciosa. Recorrendo à radiação solar para produzir eletricidade, a utilização de Painéis Solares contribui para a redução da pegada ecológica, mediante a diminuição das emissões de CO2.

  5. Fácil Manutenção

  6. Os Painéis Fotovoltaicos apresentam um tempo médio de vida útil de 25 anos e, uma vez instalados, são praticamente livres de manutenção, com exceção da limpeza da sua superfície. É ainda recomendada uma limpeza anual, para uma maximização do seu desempenho.

  7. Valorização da casa

  8. Ao instalar Painéis Solares pode aumentar a classe de eficiência energética e por consequência o valor da sua casa.

Como funcionam os Painéis Solares?
A eletricidade gerada pelos Painéis Solares produz uma corrente contínua incompatível com os equipamentos elétricos de uso doméstico, pelo que, de modo a ser consumida, tem de ser convertida para corrente alternada, através de um inversor.

Idealmente, toda a energia elétrica produzida pelos Painéis Fotovoltaicos deve ser consumida pelo utilizador após a sua produção e conversão. No entanto, esta pode também ser armazenada em baterias solares para consumo posterior. A energia produzida e não consumida, em cada período de 15 minutos, é considerada “excedente de produção” e será injetada na Rede Elétrica, através de Unidades de Produção para Autoconsumo (UPAC). De um modo geral, este excedente não confere direito a qualquer remuneração.
O que é necessário para se tornar um produtor de autoconsumo?
Para se tornar um produtor de autoconsumo e tirar proveito da instalação dos Painéis Solares é necessário:
  • Um contador inteligente instalado e devidamente parametrizado
  • O registo das UPAC no portal da Direção Geral de Energia e Geologia (DGEG).
Este registo é fundamental para a medição dos consumos e energia injetada, pelo que, na ausência do mesmo, o Operador de Rede de Distribuição (E-redes) não reconhecerá a instalação como UPAC, impedindo o apuramento do saldo entre a energia da Rede Elétrica e a energia consumida. A DGEG é “um serviço da administração central direta do Estado que tem por missão contribuir para a conceção, promoção e avaliação das políticas relativas à energia e aos recursos geológicos, numa ótica de desenvolvimento sustentável e de garantia da segurança do abastecimento”.
Como funciona o processo de contratação de um Painel Solar?
Após uma análise e simulação dos consumos médios de uma casa/empresa e a definição do sistema de Energia Solar que melhor se adapta ao cliente em particular, dá-se início ao processo de contratação.

No caso de se tratar de uma potência igual ou inferior a 350 W, a instalação não carece de controlo prévio. Por outro lado, potências que variem entre 350 W e 30 kW, requerem ser previamente comunicadas à DGEG.

Após a verificação da viabilidade técnica, é realizada a instalação dos Painéis Solares, iniciando-se a produção energia elétrica e a poupança na fatura da luz.

Ainda que estes sistemas de autoconsumo possam ser instalados pelo próprio consumidor, é indicado o contacto com um instalador especializado e credenciado, de forma a assegurar o cumprimento integral das regras de segurança e a otimização das condições de funcionamento.
Quanto tempo demora a recuperação total do investimento e até quanto se pode poupar na fatura de eletricidade?
Caso se consuma a totalidade da energia produzida, é possível recuperar o investimento ao fim do quarto ano e ter lucro a partir desse momento até ao fim da vida útil do sistema. No entanto, em média, os consumidores levam entre 5 a 10 anos a recuperar o investimento, dependendo do número de Painéis Solares instalados e sua localização, e da poupança anual na fatura de eletricidade, que pode variar entre 20 e 50%, de acordo com os vários players do mercado – EDP, Galp, Gold Energy, Iberdrola.

É possível que um utilizador de Painéis Fotovoltaicos se torne simultaneamente um produtor, comercializando a eletricidade produzida em excesso e integrando comunidades de Energia. Uma das empresas dedicadas ao apoio e desenvolvimento deste processo é a Energia Unida, da GreenVolt.
Quais as condições de pagamento de um Sistema de Painéis Solares?
Os clientes podem optar por pagar um Sistema de Painéis Solares através de uma das seguintes modalidades:
  • Pronto pagamento
  • Pagamento sem juros entre 3-5 anos
Qual a taxa de IVA em vigor a que estão sujeitos os Painéis Fotovoltaicos?
No dia 1 de julho de 2022, entrou em vigor a redução do IVA dos Painéis Fotovoltaicos para 6%, uma medida do Governo Português que visa a aceleração da transição enérgica no país, um dos pilares da Estratégia Europeia para 2030, que rege o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR).

Com esta medida, aumentaram significativamente os benefícios da instalação de Painéis Solares numa habitação.

Conteúdo Revisto por Regina Xavier em 

Managing Director Energia