Menu
Ligue
Ligue 211 165 765 Seg - Sex: 10h às 19h

Crédito Habitação

Taxa Fixa

Facilitamos a sua escolha ao agregar todas as ofertas existentes no mercado

  • list-iconApoio especializado sem compromisso
  • list-iconTaxa fixa até 30 anos
  • list-iconCompare todos os bancos sem custos para si

Crédito Habitação

Perguntas Frequentes

Qual a diferença entre um empréstimo habitação com taxa fixa e taxa indexada?

Na hora de escolher o melhor crédito habitação existem muitos fatores a analisar para garantir que se toma uma boa decisão. Analisar detalhadamente diferentes propostas de vários bancos é, neste sentido, essencial. Para tal, deve-se atentar desde a TAEG ao MTIC, passando pelas condições necessárias para se obter bonificação no Spread até às características dos Seguros.

A taxa indexada à EURIBOR varia conforme as flutuações das taxas de juro de referência no mercado. Já a taxa fixa, é definida no momento da contratualização e mantém-se inalterada até ao fim do período definido entre o cliente e a instituição bancária. Isto significa que, contrariamente à taxa variável em que a prestação vai sendo alterada de acordo com as oscilações na EURIBOR, num crédito habitação com taxa fixa a prestação é sempre igual.

Também no que toca às condições de reembolso antecipado parcial e total do crédito existem diferenças nos contratos com base na taxa variável face à taxa fixa. Por lei, esta comissão não pode ser superior a 0,5% do capital reembolsado caso se trate de um contrato com taxa de juro variável e de 2% do capital reembolsado caso se trate de um contrato em que vigora taxa de juro fixa.

Quais os bancos que oferecem Taxa Fixa no Crédito Habitação?

Conforme a análise do ComparaJá.pt de acordo as condições oferecidas pelas diferentes instituições bancárias, na tabela abaixo estão representadas ofertas de crédito habitação com taxa fixa. 

No conjunto dos bancos escrutinados, verifica-se que há sete instituições a oferecer taxa fixa a 30 anos, um banco a oferecer taxa fixa a 25 anos, uma instituição a fixar a taxa a 20 anos e, por fim, uma outra a permitir a fixação da taxa a 10 anos.

Crédito Habitação Taxa Fixa
Banco Prazo Máximo da Taxa Fixa
Novo Banco 30 anos
CGD 30 anos
BPI 30 anos
Banco Best 30 anos
Bankinter 30 anos
Abanca 30 anos
UCI 30 anos
Montepio 25 anos
Millennium BCP 20 anos
Santander 10 anos
  • Dados recolhidos a 1 de julho de 2020.

Vale a pena optar pela taxa fixa no crédito habitação?

Embora neste momento a EURIBOR se encontre em mínimos históricos, o que naturalmente faz descer as prestações dos empréstimos, não é possível prever durante quanto tempo estará em terrenos negativos.

A única maneira de os consumidores se protegerem desta incerteza é, nesse sentido, recorrerem a um empréstimo habitação com taxa fixa, que garantirá maior estabilidade no orçamento familiar. No entanto, ao transferirem este risco para o banco, têm de estar preparados para suportar uma prestação mais elevada, ainda que neste momento as diferenças entre os valores não sejam extremamente significativas.

Optar entre um empréstimo com taxa indexada à EURIBOR e um crédito com taxa fixa prende-se sobretudo com os riscos que as famílias estão dispostas a correr. Quem neste momento contratar um empréstimo com taxa variável estará a pagar menos várias dezenas de euros por mês face a quem opte por um crédito imobiliário com taxa fixa. Mas caso haja uma alteração substancial nas condições do mercado, o que poderá levar a que a EURIBOR atinja valores semelhantes aos de 2008, quem agora optar pela taxa fixa poderá poupar várias centenas de euros a cada mês.

Utilizando valores médios de mercado, o ComparaJá.pt calculou a evolução dos custos conforme aumento da EURIBOR:

Evolução dos custos conforme aumento da EURIBOR | 150.000€ a 30 anos

EURIBOR Spread TAN TAEG Prestação MTIC
-0,356% 1,5% 1,114% 2,292% 550€ 204.133€
0% 1,5% 1,5% 2,657% 577€ 213.580€
1% 1,5% 2,5% 3,697% 657€ 241.661€
2% 1,5% 3,5% 4,758% 743€ 271.994€
3% 1,5% 4,5% 5,838% 834€ 304.315€
4% 1,5% 5,5% 6,938% 931€ 338.631€
5% 1,5% 6,5% 8,056% 1.032€ 374.730€