Quais as principais operações para quem utiliza Homebanking?

|Posted by | Lifestyle, Produtos Bancários, Todos os Artigos
Tags: , , , , ,

Quais as Principais Operações para Quem Utiliza Homebanking?

Certamente se lhe dissessem que a internet iria revolucionar o seu dia-a-dia há uns anos atrás, provavelmente iria ignorar e seguir em frente até esse dia chegar.

No entanto, para além disso já ser uma constante, no caso em concreto da banca, o internet banking triplicou nos últimos 13 anos, informação essa recolhida pela Marktest. De acordo com o estudo BASEF Internet Banking, realizado entre janeiro e setembro de 2015, cerca de 2,5 milhões de portugueses utilizam o internet banking, valor esse que corresponde a 35,4% dos residentes em Portugal Continental com idade igual ou superior a 15 anos e titulares de conta bancária.

Os homens são quem mais utilizam este serviço e a faixa etária predominante dos 25 aos 34 anos de idade (61%). Esses dados são perfeitamente justificáveis pelo facto da maior parte dos utilizadores compreendidos entre as idades acima serem detentores de um smartphone e desde tenra idade foram habituados à utilização do serviço da internet.

O que é afinal o serviço de homebanking?

O homebanking é a gestão eletrónica da sua conta bancária, através da ligação à internet, seja por via de um computador ou qualquer outro dispositivo móvel. Hoje em dia, todos os bancos já possuem a sua página de homebanking para os clientes, assim como as devidas apps para utilização através de smartphones. É uma extensão do serviço presencial e uma forma de os utilizadores conseguirem ter acesso imediato às suas contas, para além que se trata de um serviço gratuito.

Se formos a ver bem, poder ter acesso à sua conta a um clique de distância (via dispositivo móvel) soa muito melhor do que perder tempo e, muito provavelmente, ter de tirar uma manhã ou uma tarde no trabalho para ir poder tratar desse tipo de assuntos.

Quais serão os serviços mais utilizados por quem utiliza o homebanking?

A consulta de saldo é provavelmente a busca mais frequente a nível de homebanking. Já reparou na quantidade de vezes que uma pessoa vê o saldo durante a semana? Já pensou que a maior parte das pessoas tem por hábito deslocar-se a uma ATM e imprimir o talão para verificar o saldo bancário (ou qualquer outro tipo de transacção)? Se mudarmos este nosso comportamento, o ambiente agradece.

As transferências são igualmente executadas diariamente por milhares de pessoas. Dependendo do tipo de conta que tem no banco, estas poderão ser executadas de forma totalmente gratuita. Porém, para quem ainda tem de pagar por essa transação o valor é aproximadamente de 0,52 euros (imposto de selo incluído).

Os pagamentos de compras/ serviços são uma rotina na vida dos portugueses. A maior parte das pessoas opta por pagar as suas contas por débito direto ou, então, fazendo-o de forma manual.

Finalmente, outro serviço bastante recorrente é a constituição de depósitos a prazo e tudo o que está abarcado nesta categoria, desde micro-poupanças, poupanças programadas, fundos de investimento, entre outros. Já pensou que pode em apenas 3 minutos mobilizar parte do seu rendimento para uma conta poupança e começar a poupar desde esse mesmo momento? Interessante, não é? Pois bem está nas suas mãos poder começar a tirar partido deste tipo de serviços.

Não esquecer que, para além dos serviços acima mencionados, caso precise de fazer qualquer pedido ligado com a gestão da sua conta bancária, por exemplo o pedido de uma segunda via de cartão de crédito, alterações de morada e afins, poderá fazê-lo de forma online, sem que para isso tenha de se deslocar a um balcão.

Agora, para além de pensar no bem-estar do nosso ambiente, pense igualmente no tempo (tempo é dinheiro) que pode ganhar utilizando este serviço!

Adriana Inácio

Sobre Adriana Inácio

Formada em Gestão Hoteleira e especializada em Marketing Digital, a Adriana iniciou a sua carreira em hotelaria e, posteriormente, em marketing e publicidade. Explorando a temática das Finanças Pessoais associadas à Cultura e Lifestyle, das promoções aos cupões, passando pelas dicas de poupança mais criativas, a Adriana está sempre à procura de novas formas de ajudar os portugueses a otimizar a sua gestão financeira.

Comentários